Newsletter
Receba nossos artigos diretamente no seu email.
Nome
Email
Cadastro manual: Entre em contato
 




 
 
04/05/2018
COMO O CÉU VIU O RETIRO - TERCEIRO DIA
Retiro dos 72 – Domingo – 22 de Abril
 
 
 

Porto Belo, SC, 23 de Abri de 2018

Retiro dos 72 – Domingo – 22 de Abril

 

Como Céu viu o Retiro – Terceiro dia

 

No Domingo a Santa Missa, às 7,30 horas foi celebrada por Frei Paulo, concelebrada por nosso Diácono Luís Weslei, auxiliada pela nossa colega, Ministra Maria Onélia, com a liturgia e Cantos conduzidos por nossa equipe e Coral dos Anjos. A Capela do Convento ficou completamente lotada com pessoas vindas de muitos lugares e do nosso pessoal em retiro. Frei Paulo celebrou com amor e deixou transparecer a alegria em estar ali naquele momento.

Não é preciso dizer que o Céu também estava ali, mas o que é preciso salientar é que Nossa Senhora, como que, CONCELEBRAVA ao lado do Sacerdote, como a serviçal mais eficaz, não permitindo ali, a presença do inimigo. Rezava junto, abençoava junto, acompanhava cada palavra na homilia e nas leituras, e na Consagração, se ajoelhava e adorava a Jesus.

- Ele é meu filho, sabem? Mas é mais do que isso: Ele é meu Deus!

- Lute para que tenhas um coração bom – me disse Jesus.

E eu O olhei: Seus olhos lindos me fitavam, e como que, pedindo socorro e disse:

- Cuide de todos! Não deixe que ninguém se perca!

E deixou transparecer a sua dor, a sua angústia. Eu nada pude dizer, mas me lembrei de Isaias:

“É como uma ovelha levada ao matadouro!”

E me deu vontade de gritar a todo mundo:

- Por que não levam a sério a Santa Missa? Por que agem de forma desinteressada? Por que fazem algazarra? Por que dançam? Jesus está morrendo aqui... E pede socorro, compaixão!

Mas permaneci calado: nesta Santa Missa não havia este tipo de afronta: não haviam danças...

Aqui, todos rezavam com amor! Com respeito ao nosso Jesus!

Após a Santa Missa, o Café da Manhã, alguns avisos e a volta a Capela para o Envio, a Consagração e o Encerramento. Tínhamos pouco tempo e tudo teve de ser feito às pressas!

Marilene e Anselma abriram a cerimônia com o Canto do Envio, muito bem apresentado, mesmo à custa da doença da Anselma que sofria dores atrozes nas mãos devido a uma recente cirurgia. Mas conseguiu, demonstrando sua garra, seu amor, como tem sempre feito.

Em seguida rezei a Oração Sacerdotal, lendo o Capítulo 17 de São João, e convidei nosso grande amigo Irmão Ilário, Marista, e juntos cantamos o Pater Noster. Este Irmão nos transmite tanto amor, com seu coração tão bonito, sua alma iluminada e sua voz celestial! Como agradeço a Deus por eu ter o privilégio de conhecer este Seu Filhinho tão amado. O Céu é tão feliz com ele!

Depois, passando algumas orientações e as tarefas a serem cumpridas pelos 72 Missionários, foram iniciadas as celebrações.

Os que se apresentaram para a Consagração segundo São Luís Maria Grignon de Montfort, leram a Oração própria para este fim, se comprometendo a seguir as orientações desta Consagração e assinaram o Livro Tombo, selando seus compromissos: Serem fiéis à Nossa Senhora, deixarem-se conduzir por Ela e serem fiéis a Nossa Igreja Católica e ao Movimento Salvai Almas.

O Segundo evento: O Envio dos 72 Missionários:

O Diácono Luís, conduzindo os dois eventos com muito amor e seriedade, promoveu o Diálogo de Voto e Compromisso dos 72, que após este Ato, também assinaram o livro próprio, firmando o propósito de  cumprir com fidelidade todos os itens, orientações, tarefas e obrigações ditadas pelo Movimento Salvai Almas.

O Céu, com Nossa Senhora, com Jesus, cantava, chorava, sorria, vibrava, e na Bênção Final, celebrada por Frei Luís Aliberti, o próprio Pai, inclinando-se, abençoou a todos! Amém!

É preciso coisa melhor, mais fantástica do que ser Membro do Salvai Almas?

 

As tarefas dos 72

 

Ler o artigo: O Salvai Almas em Xeque,  http://www.salvaialmas.com.br/?cat=47&id=2831 ,nos nossos sites e comentar sobre eventuais dúvidas e enviar-me via correio o parecer.

Ler os nossos primeiros livros, sobretudo o Salvai Almas I.

Fazer relatórios trimestrais de suas atividades no seu lugar de moradia e enviar-me também por correio.

Permanecer alerta para eventuais chamados à Missão, que logo se iniciará. Se, eventualmente NÃO quiser mais fazer parte da Missão 72, enviar-me uma justificativa ou pedido de exclusão.

Rezar pelo Salvai Almas.

As tarefas dos Consagrados

 

Seguir as orações e os atos interiores e exteriores, conforme instruções no Livrinho do Tratado da Verdadeira Devoção à Virgem Maria, de São Luis Maria Grignon de Montfort.

 

Conclusão Final

 

Mais uma Missão cumprida. E bem cumprida!

Confesso que estava preocupado, pois não me sentia capaz de conduzir um Retiro, com pessoas vindas de tantos lugares, mas não me preocupei mais, quando percebi a boa vontade de todos, a garra de todos, a alegria de todos, a fé de todos... Eu me emocionava a cada momento! Todos cumpriam fielmente o que se propuseram: os dirigentes, os palestrantes, o coral, os Sacerdotes, a Ministra Maria Onélia, O Diácono Luís, os participantes, enfim TODOS. Não tive queixa de ninguém. O Sr. Sálvio, as Irmãs Caresia: como sou feliz com eles! Feliz com Arnaldo, com Alair, com o João Rech. Com a Silvia, com a Marli Zonta, com a Lu. Feliz também com Frei Luís que demonstrou para todos o grande amor que tem pelo Salvai almas. Feliz com a acolhida das irmãs Franciscanas de São José, principalmente na pessoa da Irmã Nadir, sempre à frente dos trabalhos de acolhida e da Irmã Irenildes, já conhecida por nós, de outros retiros. O Canto da Irmã Nadir, à Nossa Senhora, tocou o nosso Coração profundamente. Nesta Casa, podemos dizer com sinceridade, sentimos o abraço do Céu! Amém!

Também me emocionei muito com a dedicação de Norma, que acolheu o meu pedido de conduzir o grupo de Postulantes, cumprindo isto com todo o amor. Também ela está doente e com poucas forças, mas não quis demonstrar isto a ninguém... e ninguém percebeu!

A Marilene, sempre ativa, à frente de cada ato, trazia a força da qual eu precisava e o apoio tão necessário a nossa Missão.

Deus soube escolher as minhas companhias!

Que Deus seja sempre louvado. Amém!

 

Cláudio Heckert  

 

Frei Paulo, Santuário de Angelina

 
 
Artigo Visto: 251 - Impresso: 5 - Enviado: 2
 

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.salvaialmas.com.br

 

Visitas Únicas Hoje: 589 - Total Visitas Únicas: 1821199 - Usuários Online: 83
Copyright 2015 - www.salvaialmas.com.br - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por: www.espacojames.com.br/sites