Newsletter
Receba nossos artigos diretamente no seu email.
Nome
Email
Cadastro manual: Entre em contato
 




 
 
03/05/2018
SALVAI ALMAS EM XEQUE
O Salvai Almas em xeque
 
 
 

                                           

                                             O Salvai Almas em xeque

 

 

 

Alguns esclarecimentos

 

As questões abaixo referem-se às respostas minhas, sobre frases dos nossos livros, que pessoas acharam “absurdas”, ou simplesmente não as entenderam.

As frases numeradas são as que causaram indagações.

As frases precedidas por C. são as minhas respostas.

 

Abreviaturas que acho necessárias

 

Fundamentos da Salvação – SALVAI ALMAS - FSSA

O Livro 2 - OL

As Almas pedem Socorro- AAPS

O milagre do fim - OMF

Salvai Almas –(Apostila sem numeração de páginas) - SA

Eucaristia, Polemica ou Salvação – EPS

 

 

OS LIVROS E AS MENSAGENS SÃO DO CÉU

 

01 - Eu, a Mãe de Deus, continuo sendo a única autora desta obra e a dirijo” (FSSA. P.3)

 

C: - Nossa Senhora é realmente a autora desta obra e demonstra especial cuidado para que pessoas que caminham conosco hajam com livre consciência e inteira liberdade. Aos que não caminham conosco pede para não usar o nosso nome, pois a responsabilidade é nossa, e devemos arcar com as consequências por eventuais erros e cuidar para que outros não errem. Por isso devemos ser extremamente fiéis ao que recebemos do Céu.

02 - Eu, a Mãe de Deus, sou a única responsável por todo o

 

C - ver item 1

 

03 - Nossa Senhora pediu que (o artigo : O valor do Sacerdócio”) fosse anexado ao livro.( FSSA, p.58 )

 

C - Nossa Mamãe ama muito os sacerdotes e então pede a inclusão do artigo mencionado, em nosso livro, no intuito de ajudá-los.

 

04 - Diagrama desta Capa Nossa Senhora ( OL. P.1)

 

C - É verdade! Foi Mamãe que pediu a capa desta maneira. Obviamente não foi Ela quem fez, mas a pessoa que fez sentiu-se guiada por Ela

 

05 - Eu, a Mãe de Deus continuo sendo a única autora desta obra e a dirijo. ( OL. P.1 )

C -  ver item 1

 

06 - Eu, a Mãe do Universo, sou a autora dele e Jesus o Avalista. Tudo o que nele contém foi por Mim elaborado sob orientação do Pai. ( OL. P.44)

 

C - Eu não tenho dúvidas disso: Nossa Senhora nos conduz, com a proteção de Jesus e com a determinação de Deus Pai. Ela mesma diz que:

 “Não posso fazer nada sem a autorização de Deus Pai.”

Percebe-se então que todo o céu se envolve nos planos de Deus. De fato, Nossa Senhora não poderia, por sua livre vontade, fazer o que bem entender.

 

07 - Nenhuma explicação será dada a qualquer das mensagens, pois assim vieram do céu e assim deverão ser obedecidas e seguidas. Palavras de Nossa Senhora ( OL. P. 92 )

 

C - Conforme dito no início, Nossa Senhora cuida para que nada seja desvirtuado e por isso pede para nada mudar. Portanto, a responsabilidade é nossa e trata-se novamente do cuidado que Ela tem com os filhos. Divulgamos como recebemos, assim não corremos o risco de usarmos nossas “razões”.

Deus não erra!

 

08 - Continua confiando e colocando em prática tudo o que o céu te pede. Não te importes se acreditam ou não, pois o Pai acredita e isto basta! ( OL. P/ 103 )

 

C - Por muitas vezes Ela nos pede isso e que não devemos nos importar com a reação das pessoas:

A ti cabe apenas passar aos outros o que recebes, mas não cabe a ti fazê-los acreditar, pois isto é com o Espírito Santo.”

 

09 - Muitas pessoas nos pedem para mudarmos nas mensagens algumas expressões ou formas nas frases, para “melhorar” as ideias ou informações. Como posso mudar aquilo que me foi passado pelo céu? O céu me passa as mensagens segundo a minha maneira de entender ou falar, e por isso, embora seja um ditado, a gramática não é muito correta. São me passadas de maneira simples, do meu jeito.

 ( ... ) Assim veio do céu! Assim vai escrito! ( AAPS, p. 17 )

 

C - Por causa da responsabilidade que temos e para não colocar ninguém em risco não mudamos nada. Por outro lado, se pagássemos lexicólogos, os livros sairiam muito caro e nossa intenção é divulgar o céu e não tirar proveito disto para ensinar linguagem ou gramática. Temos, na verdade algumas pessoas que leem nossas mensagens e as analisam, inclusive teólogos, para que não hajam distorções em relação à Bíblia e isto é o que realmente importa. Já houveram grandes santos na Igreja com estupendos dons de profecias e que as proclamavam do seu jeito, e alguns até eram analfabetos. O que importa na verdade, é que o povo mais simples possa entender, já que Deus é o mais simples e não se dirige só aos intelectuais. Temos visto pessoas que não vivem a fé porque não entenderam os palavreados bonitos e bem montados por intelectuais, e bastaram simples palavras para que encontrassem os caminhos do céu!

Deus é simples, e devemos ser simples como Ele.” Isto nos diz Nossa Senhora.

 

10 - Toda a obra Salvai Almas é verdadeira e tem o Meu aval. E sou também a autora! Todos os livros Salvai Almas são Meus e nada pode ser mudado ou ignorado pois o céu a passou para ser vivenciada e cultivada, em todo o seu conteúdo! Tudo é verdadeiro, e quem se comprometer a trabalhar neste grandioso plano, deve viver exatamente tudo o que ali é apresentado, não justificando então, qualquer corte em nenhum dos livros ou complementação em nenhuma das mensagens. Tudo deve seguir rigorosamente as orientações do Salvai Almas que é obra do céu em todo seu conteúdo. Repito isto, filhinhos, para que não caiais nos embustes dos inimigos. Todos os livros Salvai Almas em todo seu conteúdo, vieram do céu e todas as orientações devem ser seguidas ä risca. Amém ?  Palavras de Nossa Senhora ( EPS, p. 13 )

 

C - E assim fazemos. E assim pretendemos continuar. Aliás, tudo fazemos exatamente como recebemos pois não nos achamos sábios ou capacitados para emendar ou ajeitar as coisas que vem do céu e nem nos importa agradar a ninguém especial, pois a obra é para todos, inclusive para os menos cultos!

 “Bem aventurados os pequeninos... É dos pequeninos o Reino dos Céus...”

 

 

 

 

                                O VIDENTE ESCOLHIDO

 

01 - “... é novamente o Cláudio que o céu escolhe para mostrar seu plano”(OMF, p. 5)

 

C -Este plano! Deus, obviamente tem outros planos e para tais escolheu outros profetas! Cada qual procure viver seu dom e sua missão!

 

02 - Estas revelações foram sendo feitas aos poucos, por Nossa Senhora ao Cláudio...”( OMF, p.9 )

 

C - Aos poucos, porque sou simples e não poderia abarcar tudo de uma vez, pois isso também me assustaria já que tudo é novo e diferente... Não entendo do porque da surpresa das pessoas pelo fato de Deus me ter escolhido! Afinal, São Paulo diz: “Deus escolhe quem quer, de onde quer e para o que quer!”

Afinal, quem somos nós para indagar a Deus?

 

03 - “... lembramos para aqueles que não conhecem o Cláudio, que ele recebe as mensagens não por locução, mas por ditado e visão simultânea. ( ... ) vemos que muitas pessoas o tem combatido por causa das mensagens sobre a Sagrada Eucaristia que diferem das de outros confidentes. Entretanto foi a ele que o Pai confiou o segredo do Cálice Sagrado.”( OMF, p. 10-11)

 

C - Deus me confiou o segredo e isto me preocupa muito. Primeiro porque, quem sou eu para merecer tanto? E segundo: as pessoas invejosas, autossuficientes, sábias, arrogantes, como entenderão e aceitarão isto?

É um risco que corro, como correram riscos todos os que quiseram ser fiéis a Deus. Sim! Deus confiou-me este segredo e não sei por quê! Cabe a Ele dizer um dia! E dirá certamente!

Oh! Como seria melhor e mais fácil para mim fazer apenas o que milhões fazem: cruzar os braços, assistir missa aos domingos... e o resto do tempo abusar do tempo!

Afinal, não é isto que milhões que “se dizem católicos” fazem?

Afinal ninguém me obriga a coisa alguma

 

04 -  Ele ( Cláudio) foi das raras pessoas vivas que já foi pessoalmente levado a ver o inferno”( OMF, p. 12 )

 

C - Também não entendo a surpresa das pessoas! Se Deus tivesse levado só a mim ao inferno, talvez se justificaria, mas ao que parece, a surpresa está no fato de usarmos as palavras: “é uma das raras pessoas...” como se as pessoas quisessem ou até aceitassem a ideia de que muitas pessoas tivessem visitado o inferno. Ora, não sou diferente de ninguém! Contudo, achei horrível ver o inferno, e então não desejo isso a ninguém!

 

5 - “... até o presente, Deus ainda não escolheu nenhum ( profeta do purgatório) após o Cláudio para esta missão. A missão Salvai Almas é um plano de Deus, para o resgate do purgatório, passado ao Cláudio, e só ele recebe as orientações corretas para o bom desempenho desta missão. Qualquer mensagem ou mensageiro que não estiver ligado ao Salvai Almas, não faz parte deste plano Divino. Portanto, as orientações, os números de almas salvas ou perdidas, e as mensagens das almas são dadas somente ao Cláudio. Palavras de Nossa Senhora ( EPS, p. 12 )

 

C - De fato, Ela me falava sobre o fato de eu ser o único “por enquanto”. Hoje, no entanto, já há mais pessoas com este dom, mas nenhum deles tem uma missão determinada à salvação do purgatório como meta prioritária. Obviamente, existem muitos e até milhares de pessoas que rezam para o purgatório, e até recebem mensagens a respeito, mas não fazem parte deste grupo e portanto, as orientações delas não podem ser de nossa responsabilidade. Nossa Missão principal é rezar pelas Almas do purgatório!

 

       DEFESA ANTECIPADA A POSSÍVEIS CRÍTICAS

 

01 - Infelizmente já o sabemos de antemão que seremos perseguidos por causa destas revelações, mas não é por temer isso que o desejo de Nossa Senhora de as ver publicadas não será cumprido. ( FSSA, p. 6 )

 

C - Certamente que sabíamos das dificuldades que viriam, pois assim aconteceu com todos os santos, todos os profetas e sabíamos dos riscos, mas Nossa Senhora também nos alerta e nos anima a continuar. É óbvio que existem as perseguições...

E é bom notar que ninguém aqui está querendo se defender: é o céu que nos quer passar estas notícias!

Agora, alguns anos após este aviso de Nossa Senhora, estamos sofrendo com as atitudes que a igreja tem tomado a nosso respeito: em algumas paróquias estamos proibidos de trabalhar na liturgia, nos cantos; pessoas estão sendo proibidas, até com ameaças de perderem as lideranças na igreja, se frequentarem a nossa capela; Seminaristas que, antes tiveram sua vocação fomentada aqui e receberam aqui as primeiras orientações, hoje estão proibidos de virem aqui; casais que antes viviam amasiados ou separados, mas que por nosso trabalho se encontraram com Deus e hoje vivem os caminhos da igreja, estão proibidos de virem aqui. Além disso, cartas são lidas em algumas  capelas, dizendo que a Igreja não tem responsabilidade sobre o nosso trabalho e alertando ao povo para não vir aqui; Párocos que não querem nem conversar conosco e fogem de nós ou dão-nos às costas, alegando que precisam obedecer ordens, etc.

E assim por diante. Isto não são perseguições?

Em novembro de 2003, Nossa Senhora nos disse:

 “Uma cruz muito pesada será colocada sobre teus ombros pela própria Igreja!” 

E o que acontece conosco hoje? Então Nossa Senhora já nos havia avisado, e por isso não fomos nós que “antecipamos nossa defesa!”

 

02 - “ JESUS diz claramente que exime os sacerdotes em questão, de avalizar esta obra, porque a igreja não encontraria formas de a justificar...”( FSSA, p.8 )

 

C - E sabemos que realmente a Igreja não se manifestará a nosso favor, a curto prazo, pois assim sempre aconteceu e é claro, os sacerdotes ainda mais, pois seguem orientações superiores, e neste sentido Jesus nos orienta a seguir nosso trabalho, ainda que sem as orientações da igreja. Muito embora tenhamos nossos Diretores Espirituais que nos orientam e auxiliam em nossas dúvidas.

(Dois  sacerdotes como diretores e três como confessores) Há casos em que colocamos nas mãos dos sacerdotes os nossos trabalhos e eles nunca nos deram satisfações; há casos em que Bispos abraçaram o nosso trabalho e o divulga em suas dioceses...

Continuamos e continuaremos até que Deus nos faça parar!

 

03 - “ ... embora pessoalmente, acreditamos com toda a força do nosso entendimento nas revelações deste livro, jamais imaginamos que a igreja, a curto prazo, possa vir a manifestar-se de modo favorável a elas”.( FSSA,p.48)

 

C – Ver item 2

 

 

 

                         REZAR PELAS ALMAS

 

01 - “Assim, nós ( as almas) ficamos felizes quando rezam por nós. E procuramos correr para qualquer lugar da terra onde haja alguém rezando.”(...) Fiquei pasmo. Era como se jogássemos balas para as crianças. Todas corriam para apanhá-las. “( FSSA, p.13 )

 

CÉ verdade! A alegria das almas é incontida! Afinal, serem lembradas pelos vivos dá-lhes este direito! Quantas delas não eram lembradas em vida e muito menos depois da morte! Ver pessoas rezando por elas as comovem e a alegria é tanta que se julgam como que “obrigadas” a rezar e a interceder por estes vivos que se preocupam com elas... A comparação é correta: “Como se fossem crianças...”

 

02 - “Enquanto ali permanecem ( no grande purgatório) as almas não recebem as graças das orações, nem dos militantes, nem dos glorificados. Quer dizer, para elas não adianta rezar, nem mesmo as poderosíssimas Santas Missas, enquanto permanecerem naquele abismo”. (...) O Grande Purgatório é quase um inferno!”( FSSA.p.41)

 

C – As almas que vão para o grande purgatório são de pessoas que absolutamente não mereceram nem o purgatório, mas que deveriam, por seus méritos, serem condenadas ao inferno. Deus, no entanto, percebendo que há pessoas rezando por elas (quando ainda vivas) não deixa “desperdiçar” estas orações e sentencia tais almas ao grande purgatório por tempo infinitamente maior que outras, não dando a elas o direito de receberem orações, ou- explicando melhor – não dando-lhes o direito à diminuição das penas. Assim é a “regra”, mas como não há regras sem exceção, há casos em que a Misericórdia de Deus age de tal forma que as penas se abreviam, embora sejam raríssimos os casos e somente quando as orações forem realmente muitas e absolutamente perseverantes e eficazes. O Grande Purgatório é realmente quase um inferno com a diferença de que o inferno é eterno!

 

03 - Quem não gosta de rezar em vida, de pouco adiantará que se reze por ele, se vier a cair no purgatório ao morrer...  Se alguém não gosta de ir a Missa em vida, não adianta mandar rezar por ele nem mil. “ (  FSSA.p./46)

 

C - E enquanto não aprenderem a rezar e a gostarem de rezar é isto mesmo! Porém, no purgatório se expia as penas e se aprende a amar a Deus, e consequentemente aprende-se a rezar! Às vezes, leva algum tempo até a alma perceber e se interessar. Só depois começa a usufruir dos benefícios das orações dos militantes. Por isso é importante rezar, rezar sempre, porque Deus não deixará de nos ouvir e atender.

Em nossas constantes visitas a cemitérios, nos mais diversos lugares do Brasil, e em outros países, temos deparado com muitos túmulos que ostentam placas com os dizeres: “Agradeço uma graça alcançada.”

E por que as graças são alcançadas?

Na verdade, a Igreja canoniza santos só depois de comprovar que através deles as graças são alcançadas!

Como alcançar graças se não rezarmos para eles?

 

 

 

                                ALMAS E NÚMEROS

 

01 - “Cada livro vale a libertação de cem almas do purgatório”. Portanto, cada livro retido, impede a libertação destas cem almas.”(FSSA. P. 3)

 

C - Entenda-se o seguinte: O livro é uma oração! Para cada oração há uma certa correspondência de benefícios ou até “indulgências.” O livro em questão vale 100 almas! Obviamente deverá ser bem lido, ou bem rezado, porque nenhuma oração que não brote do coração com ardor, com fé, com determinação, salva alguém. Quem o lê ou reza, deve fazê-lo à luz do Espírito Santo e com muito amor, e assim terá a graça de poder ajudar ao Pai no resgate das 100 almas! Isto é impossível para Deus?

 

02 - “... o espaço entre o Grande purgatório e o inferno é de apenas milímetros. “Só ao amor eterno de um Deus Amor para concebê-lo”! (FSSA. P.44)

 

C - O espaço aqui referido não é o espaço físico, pois as almas são espíritos, e sim o espaço de sofrimento. E isto é fácil de entender porque as almas do purgatório sabem que sua pena é temporária, enquanto a do inferno é eterna e esta é a grande diferença. Contudo, os sofrimentos são quase iguais.

 

03 - “É só de um milímetro o espaço que separa o paraíso do inferno!”( FSSA.p.47)

 

C Aqui há um erro!

Deve-se ler: É só um milímetro o espaço que separa o purgatório do inferno! E a explicação é a mesma do item anterior.

 

04 - “Quero alertá-los do fato de que: cada livro vale a libertação de cem almas do purgatório. “Portanto, cada livro retido, impede a divulgação destas cem almas. ( OL. P. 2 )

C -  Ver item 1

 

05 - “Obrigada pelas Mil Ave Maria. Salvaram-se 1001 almas...

“( Palavras de Nossa Senhora( ( OL. P. 22)

 

CSim, recebemos os números! Nossa Senhora sempre nos diz que “Só nos fala o que Deus permite e orienta” portanto, quem somos nós para duvidar de que Deus não tenha este poder, ou até este carinho a ponto de nos informar de quantos filhos Ele abraça diariamente no céu?

 

06 - “Hoje já salvaram 200 almas”(Palavras de Nossa Senhora) ( OL p.32)

 

C - Este é o nosso Deus! Amor, determinação, Misericórdia! E, sobretudo, um Deus apaixonado pelos filhos a ponto de fazer emanar, extravasar visivelmente a Sua alegria...

Meu Deus, como eu gostaria que toda a humanidade presenciasse estes momentos tão extraordinários e lindos!

Deus é uma criança!

 

07 - “... Ele, o Pai, concede por este livro, a libertação de cem por um. Isto é, para cada livro, cem almas foram resgatadas do purgatório. Um milhão de almas povoam agora os céus, juntamente com milhões de outros santos.”( Palavras de Nossa Senhora) ( OL p. 44 )

 

 C -  Ver item 1.

 

08 - “ Neste momento 130 mil almas se apresentaram rezando conosco.”( OL. P.57)

 

C - Por muitas vezes em muitas localidades, em qualquer tempo, temos visto almas rezando conosco. Claro que os números Deus nos dá através de Nossa Senhora ou São Miguel e muitas vezes até por Jesus, pois não teríamos condições de contá-las!

É Deus em ação!

 

09 - “ Quando vierem de novo, tragam 30 pessoas e serão libertadas 500 mil almas do purgatório. Se junto trouxerem uma pessoa de outra igreja, serão libertadas o dobro.”( Palavras de Nossa Senhora) ( OL p.58)

 

C - Há um grande interesse da parte de Deus em unir as igrejas, pois Jesus fundou uma só! Assim nos faz esta promessa. E como já vimos, as almas ficam gratas por nossas orações e se propõem a rezar por nós, e por conseguinte as que são salvas por orações de pessoas de outras igrejas, rezarão por pessoas de outras igrejas, e com isto haverão muitas conversões. Numa de suas mensagens, Nossa Senhora nos diz:

“Quereis converter pecadores? Rezai pelas almas do purgatório!”

Elas na verdade, são melhores intercessoras que nós e então não se pode duvidar de que suas orações possam resgatar milhões de pecadores... Por isso o prêmio de Deus também é fabuloso, pois pode aumentar, duplicar, triplicar as graças, e até pode acabar com o purgatório. Aliás, esta é nossa meta... ou nossa missão!

 

10 - “Ao rezarmos o “Terço da Paz” após outras orações, muitas almas foram se salvando... (...) No final da oração, haviam sido salvas 299 almas”( AAPS. P.24 )

 

C -  Ver item 5

 

11 - “E por este teu esforço e fé, o Pai Todo Poderoso liberta hoje 1.500 almas...”( AAPS. P.27)

 

C – Há necessidade de mais explicações? Ver item 5

 

12 - “(...) Os vossos antepassados estão todos salvos junto com mais 27.491 almas. Neste cemitério estão 31.743 sepultados, sendo que, 4.235 já estavam salvas antes de vossa chegada, e 17 estão perdidas para sempre.”( Palavras de São Miguel) ( AAPS, p. 64 )

 

C - Em nenhum dos cemitérios que passamos – e são mais de mil – perguntamos aos coveiros ou quem quer que seja, sobre a quantidade de corpos ali sepultados, e no entanto temos os números! Deus sabe contar! E, diga-se de passagem, Ele vê até os ossos antigos que nós nem sonharíamos em perceber.

Quanto aos antepassados, mais uma vez Deus nos presenteia com a libertação deles. Cada oração Deus a coloca como achar conveniente. E um Coração de Pai faria o que?

Certamente, a família em primeiro lugar! Ou não?

È bom procurar nos Evangelhos:

“Se você for batizado e crer, você se salva e salva toda a família.”

 

13 - “No entanto, 99.189 daqui, estão na glória, pois conseguiram subsistir a todos os perigos da alma e do corpo, e intercedem agora por toda a cidade. Amai os padecentes. São 147.273 corpos e hoje 38.113 foram salvos. 9971 perdidos eternamente.” “São Miguel.” ( AAPS. P 67 )

 

C -  Ver item 12

 

14 - “ Digamos 70% dos que se perdem são homens e 30% são mulheres!” (AAPS.p.86)

 

C - É fácil de perceber: em TODAS as atividades da Igreja, nota-se a grande diferença entre a quantidade de homens e mulheres, sejam nas Santas Missas, nos encontros, nas reuniões, nas novenas e até nas orações em família... A mulher é sempre a que reza e se preocupa com a formação religiosa. Então a quantidade de mulheres no inferno é bem menor do que a dos homens. A mulher tem maiores qualidades e cultiva mais a fé e o amor. Quanto a sabermos o percentual, já vai explicado em itens anteriores.

 

 

 

                 O SOFRIMENTO DO PURGATÓRIO

 

01 - “O Purgatório não é eterno, embora os sofrimentos aí equivalham aos do inferno! ( FSSA, p. 4 )

 

C - Os sofrimentos são iguais aos do inferno! Temos duas opções: sofrer o purgatório aqui enquanto vivos ou sofrê-lo após a morte! Mas lá é pior! Muito pior! Eu, pessoalmente não o desejo a ninguém e acho que os santos também não o desejaram a si próprios ou aos outros, por isso aceitaram seus sofrimentos aqui e até as perseguições da própria igreja, como é o caso do Santo Pio (Padre Pio de Pietrelcina) e tantos outros e assim puderam receber diretamente o céu.

Ou não?

E há os que dizem que: “a Misericórdia de Deus é infinita e por isso não permitiria o sofrimento de ninguém!”

A Misericórdia é... e a justiça também! Que diríamos se uma pessoa sofresse a vida inteira por doenças, pobreza, incompreensões, lutas, etc., como tantos, e uma outra que nunca passou necessidade e nunca sofreu na vida, fossem ambas apresentadas a Deus, e Este as colocasse no mesmo gozo? Que Deus seria este? Onde estaria sua justiça tão apregoada por Jesus? E as penas do purgatório que o Catecismo prega?...

 

 

 

  NECESSIDADE DO NOME PARA SAIR DO PURGATÓRIO

  

01 - “O nome é muito importante! Como pode alguém ser lembrado se não tem nome? “( FSSA. P. 9 )

 

C - E é importante o nome: Deus chamou ao homem Adão e à mulher Eva e pediu que Adão desse nome aos animais, e assim por diante! Fico muito feliz quando alguém me chama pelo nome, e muito feliz ao saber que alguém de longe ou de perto lembra-se de mim, mencionando meu nome.

É óbvio que, o nome não é necessário para que Deus saiba a quem dirigimos as orações, pois Ele não precisa disso, mas os homens precisam e por isso Ele mesmo, Deus, pediu que os homens fossem nominados desde o princípio dos tempos. Tudo tem nome. Até Deus tem nome:

Não tomeis meu Santo Nome em vão!

Nos cemitérios costumamos ler os nomes, para sabermos também para quem estamos rezando e, acontece muito, se não tivermos os nomes das pessoas nos esquecemos de rezar por elas.

 

02 - “Num desses cemitérios que fui solicitado a tomar nomes para rezar por eles, encontrei o túmulo de um homem cujo letreiro havia sido arrancado e assim não me era possível identificar quem estava ali. Ao chegar perto, a pessoa, alma, me foi apresentada e disse: “Estou ainda aqui porque roubaram as letras do meu túmulo e assim ninguém pode rezar por mim. A pessoa que fez isso também está aqui no purgatório pelo que fez. Dependemos ambos de que isso seja sanado para podermos ir a gloria. Só não posso acusar quem é ele! ( ... ) Como não sei os nomes para colocar no Livro da Luz e rezar por eles, podem estar ainda lá, no sofrimento.”( OL . p.66 )

 

 C - Absurdo pensar que não é importante também para as almas serem lembradas pelo nome. As duas almas em questão não recebiam orações, pois a própria família não rezava mais por elas... Se a família não rezava quem poderia rezar?  Quem poderia saber o nome se não constava na lápide? Além disso, o exemplo serve até mesmo para os que roubam letras. Não dá para entender: vão rezar e roubam letras! Que orações são estas? Roubo de letras, flores, etc., salva almas?

 

 

 

                     RESULTADO DE MÁGOAS

 

01 - “Se alguém, ainda vivo, guarda mágoa de outro já falecido, fatalmente ele manterá a alma presa no purgatório em sofrimento.”( FSSA. P.24 )

 

C – E esta verdade veio do céu e é fácil de entender: se alguém me machucou de uma maneira qualquer, e que ainda depois de sua morte eu ainda não o tenha perdoado, ele sentirá isso como se ainda me tivesse fazendo o mal – já que ainda sinto – então precisa pagar mais um pouco, pois ainda o mal causado por ele existe! Afinal causou uma ferida e ainda não sarou! As penas do purgatório são para isso: apagar e sarar todas as feridas!

Deus é absolutamente justo. Amém!

 

 

                  COMPORTAMENTO DAS ALMAS

 

01 - ( ponte da Salvação) “ O padecente, se der suas “pedras” para outro, tem diminuída sua conta de graças, além de que isso não lhe acrescenta méritos para sí.” ( FSSA. P.25 )

 

C - É óbvio! Se eu quero ajudar alguém devo dar um pouco de mim, senão como eu teria mérito? Se ajudarmos no intuito de receber algo em troca seríamos mercenários. As almas agem por amor e sacrificam um pouco de seus méritos para o bem dos outros e isto se chama Amor e, além disso, elas também sofrem pelas feridas no Corpo de Cristo causadas pelos outros e não querem estas feridas em Jesus!

 

02 - ( - Por que a tia ( que estava no purgatório) não escreve mesmo o nome na pedra?  E ela respondeu: Oh! Sobrinho querido, não sabes que sou analfabeta?  E sumiu...( FSSA.p.33)

 

C – No céu todos são sábios... Neste caso, ela queria que eu a reconhecesse como era, em vida.

 

03 - “Nilton ( que estava no purgatório) falava muito devagar. Ás vezes parava, como que procurando a palavra correta.” ( FSSA.p.36)

 

C – Era a característica dele na terra: falava devagar procurando as palavras, e isto agora fazia para que eu o reconhecesse.

 

04 - “Aprende-se ligeiro aqui”...( FSSA. P.36)

 

C - Sim! No céu se aprende rápido! No entanto, no céu não se precisa aprender a ler, escrever, ou falar corretamente, pois a Sabedoria de Deus é infinitamente diferente da dos homens: é realmente Sabedoria e não Cultura! No céu não se precisa de cultura. Além disso, não perdemos no céu a nossa característica física, nosso jeito de ser, porque se isso acontecesse, o céu não seria nosso premio e sim, seríamos outras criaturas, e perderíamos sentido de criaturas humanas, criadas por Deus desta forma! Se Deus nos quisesse diferente, ou quisesse que no céu habitassem criaturas não humanas, certamente criaria um novo tipo de ser...

Deus sabe das coisas!

 

 

 

   LIVRO DA LUZ DE SÀO MIGUEL E VISITAS A CEMITÉRIOS

 

01 - “Até ir ao cemitério e apenas ler os nomes nos túmulos com respeito, salva almas!”( FSSA. P. 47 )

 

C - Com efeito, como diz Nossa Senhora, a oração deve brotar do coração, e se lemos o nome de alguém em forma de oração, podemos salvá-la, pois Deus perscruta até o mais íntimo de nosso coração.

 

02 - “Além de pedir a todos “que leiam e ajudem a divulgar rapidamente este livro Salvai Almas”, Nossa Senhora pede também “que se formem equipes para rezar nos cemitérios”... Reza-se alto, andando por entre os túmulos conforme Ela pede... Deveis anotar o nome dos cemitérios e o lugar e enviar a lista ao Cláudio. (...) Depois das visitas, relacionem os cemitérios, assim como as pessoas que rezaram junto e nos enviem pelo correio para anotarmos no Livro da Luz de São Miguel. A libertação de todas aquelas almas só acontece quando a relação for anotada no livro.”( FSSA.p.77)

 

C - Trata-se de mais uma orientação para o grupo: as pessoas devem visitar e rezar nos cemitérios com devoção, e informar-nos para que também rezemos e assim possamos saber de Nossa Senhora, os resultados: se foram bem rezadas e aceitas pelo céu tais visitas, e quem sabe, possamos também saber o número dos libertados, ou até recebermos algumas orientações!

No Livro da Luz de São Miguel, anotamos os nomes dos falecidos para rezarmos por eles e isto também é incomum! Já temos mais de quatro milhões de nomes escritos ali que nos foram enviados de muitos lugares do Brasil e até de outros países, e isto para nós é uma verdadeira riqueza, pois sabemos que um dia nos encontraremos com tais pessoas no céu: pessoas cujos nomes guardamos com amor e pelas quais rezamos. E sabemos que todas elas rezam por nós, e mais ainda, por nós intercedem, como santos no céu!

Hoje, não precisamos mais anotar os nomes, mas apenas rezar por entre os túmulos. Costumamos rezar: o Creio, Pai Nosso, três Aves Maria, Gloria, o Terço do Amor, a Salve Rainha e a Oração do Perdão. Rezamos em voz alta, em uníssono, testemunhando a nossa fé e amor às almas e à nossa Santa Igreja. Nossa Senhora nos diz:

“Não há muito mérito em mostrardes a vossa fé somente dentro de vossas casas ou na Igreja, mas os méritos maiores são dos que testemunham sua fé e amor, lá fora!” 

 

03 - “Hoje, nosso maior presente são as listas de nomes dos falecidos que recebemos de diversos lugares do Brasil para podermos rezar por eles... E Nossa Senhora nos falou: “Todos os nomes que colocarem no livro da luz, terão sua situação definida na hora, isto é, não ficarão mais no purgatório! (Se ainda lá estiverem) Irão direto para o Céu! “Amém!” ( OL p. 8 )

 

C - É maravilhoso! Valiosíssimo para nós, conhecermos tantos santos pelos seus nomes! Não os conhecíamos aqui – só temos os seus nomes – mas sentimos a presença e o amor deles, e principalmente a gratidão que nos dedicam. Sentimo-nos úteis e amados também por Deus!

 

04 - “Por onde fordes pregar vosso carisma, deveis levar o Livro da Luz e ali registrar nomes de padecentes. Vosso livro salvará milhões.!

( Palavras de São Miguel) ( AAPS. P.37 )

 

C - Não é o livro que salva e isto qualquer pessoa pode entender! As explicações estão nos itens anteriores. Hoje não há mais esta necessidade, como já dissemos.

 

05  -“... Já  há alguns dias e não podereis rezar pelos irmãos de lá.

( Palavras de Nossa Senhora) ( AAPS. P.47)

 

C – É isto mesmo! Porque tudo acabará! Nos estamos de passagem por esta terra e a Igreja já quase não se interessa mais em rezar pelas almas, e em muitas paróquias só se rezam no Cânon da Santa Missa, e isto porque é regra! Então nosso tempo é curto e precisamos aproveitá-lo enquanto pudermos rezar pelas almas!

 

 

                 CONCEITOS TEOLÓGICOS PRÓPRIOS

 

01 - “O homem e Deus formam um só. O homem é como um complemento de Deus, assim como todo o universo.”( FSSA.p.55 )

 

C - Em João, 17, 22-23 lemos: “Eu lhes dei a gloria que me deste, para que sejam um como nós somos um. Eu neles e Tu em mim, para que sejam perfeitos na unidade...”

O que entendemos então das palavras de São Miguel, ditas acima? É óbvio que nunca seremos como Deus! Jamais nos igualaremos a Ele, mas como Jesus fala: “somos um como Ele e o Pai são um!” Isto não retira a essência Divina, mas como um todo, como uma unidade, e assim também todo o universo, pois tanto nós como o universo somos criaturas de Deus e então é fácil entender o termo “complemento” não como se Deus se completasse conosco, mas como Deus nos amando e nos conduzindo numa mesma unidade. Jamais pretendemos ser deuses – como aliás muitos pensam e pregam que Nossa Senhora é deusa, a quarta pessoa da Santíssima Trindade, concebida como deusa pelo Espírito Santo em Ana, etc...-  pois sabemos o nosso lugar de criaturas, mas sempre, sempre buscaremos ser peça importante na criação e manter sempre esta unidade da qual fala Jesus, tão importante para Deus e para a historia humana! 

 

02 - “Lembre-se: esta orações e os méritos a elas concedidos são aprovados pela igreja e portanto, dignos de fé. O Papa Pio IX as aprovou e seu decreto é irrevogável!”( FSSA. P. 63 )

 

C – Trata-se das Quinze Orações de Santa Brígida, ditadas por Jesus e aprovadas pelo Papa Pio IX, e o que é aprovado pela Igreja, damos fé!

 

03 - “Deus os ama demais mas nada pode fazer parar de transbordar a taça”( Palavras de Nossa Senhora) ( OL. P. 21 )

 

C - O que Deus fará, também consta nas Sagradas Escrituras e tudo ali é digno de crédito e temos absoluta certeza de seu cumprimento, pois todas as chances foram dadas aos filhos de Deus, para a conversão, e isto se lê desde o primeiro livro da Bíblia e durante todo o decorrer dela, em todos os livros, mas os homens não se convertem, e quem tem ouvidos e olhos devem ouvir e ver que o mundo caminha para o caos e o homem não faz nada para inverter esta situação, e mais ainda, afunda cada vez mais na lama, e é isto que faz transbordar a taça da ira de Deus, e isto também é bíblico. E, justamente por causa de Seu amor, Deus agirá para salvar seus filhos!

 

04 – “ Outras religiões que pregam um deus diferente, céu e infernos diferentes, quando morrem vão eles mesmos ao encontro do seu deus – que não existe – e acabam no “limbo” eternamente num vazio sem sentido” ( Palavras de Nossa Senhora) ( OL pg.22 ).

 

C - “Quem crer e for batizado, será salvo!” e disto conclui-se que: quem não for batizado não será salvo! É preciso outras explicações? 

A Igreja sempre tem pregado a necessidade do batismo, pois sem ele, não estaríamos aptos a receber o céu. Levou-se séculos para a Igreja decretar o dogma de Maria Imaculada – a Mulher concebida sem pecado original. O pecado original é uma ofensa a Deus, ainda que tenha vindo de longe – dos ancestrais – e só pode ser apagado com o batismo, conforme Jesus diz nas palavras citadas acima. Então é fácil de entender que: quem não for cristão, não encontrará o verdadeiro Deus!

Contudo, há pessoas e aos milhares que não conheceram a Jesus, mas viveram uma vida sadia, e também são filhos de Deus. Estas terão de aguardar o seu momento, pois não foram batizadas. Certamente Deus não se esquecerá delas, porém, no tempo certo! No tempo do juízo! Por isso: O Limbo existe e Nossa Senhora o chama de: Mansão Pagã, e nos pede para rezarmos pelos pagãos que lá estão.

Eu não consigo admitir que a Igreja tenha esquecido do Limbo!

Há padres que dizem: os que morrem pagãos, devemos deixar que a Misericórdia de Deus tome conta deles!

Ora, quando Jesus veio, só existiam pagãos! E Ele veio para batizá-los. E deu a ORDEM, para que a Igreja batizasse. E disse que “Tudo o que a Igreja ligar ou desligar será assim feito...”

Não consigo entender do porque que muitos teimem em deixar “nas costas” de Deus, as tarefas que são da Igreja. È muito cômodo isto!

Estamos errados! A Igreja está procedendo errado!

A Igreja é ou não é o caminho para o Céu?

E se é, então será que o é só para os católicos?

Quando Jesus veio não haviam católicos!

Assim também, com as almas: devemos rezar só para as católicas? Os católicos são melhores?

Penso que somos é egoístas! Acomodados!

Penso que estamos agindo em desacordo com os ensinamentos de Jesus, que fundou uma Igreja, justamente para salvar os que estavam perdidos... os que estão perdidos!

Ou não somos a Igreja verdadeira de Jesus?

 

05- o “ O Mandamento da Igreja é: Confessar-se ao menos uma vez por ano pela  Páscoa da Ressurreição. Quem pois, vai à comunhão fazendo mais que um ano que não se confessa a um sacerdote, “ come e bebe a própria condenação”, como diz São Paulo. ( 1 Cor11) ( OL,p.70)

 

C – Devemos cumprir, como bons católicos, os Mandamentos da Lei de Deus e os da Igreja, caso contrário entraremos em falta grave, e isto requer uma purificação: a contrição e a confissão. Comungar em pecado é comungar a própria condenação!

( I Cor 11,29 – Portanto há um erro na transcrição do trecho: 1 Cor 11 )

São Paulo não especifica, obviamente, o tipo de pecado, mas diz que realmente comungamos a nossa própria condenação, se, em pecado grave, recebermos a comunhão. E ficar mais de um ano sem se confessar, é pecado grave! Ou isto também já caiu de moda?

 

06 - BATIZADOS – Em muitos cemitérios encontramos crianças que morreram sem o batismo, sejam por abortos, natimortos, etc”. Então as batizamos, e muitas destas criancinhas nos deixam mensagens...” ( AAPS, p.67)

 

C - Todos podemos batizar, dependendo das circunstancias! Neste caso, ao sabermos de crianças que morreram sem o batismo, as batizamos! Há oportunidades em que, em algumas de nossas caminhadas, um sacerdote nos acompanha, mas em quase todas, há ministros e isto facilita nossa missão. Houve um caso em que, no final do dia, durante a Santa Missa, o sacerdote batizou 317 crianças já falecidas e nos explicou que: Trata-se não só de um desejo da família, mas de um desejo da Igreja

O Batismo do desejo existe e é pena que a maior parte das mães não sabe disso!

E nós ficamos sabendo através de sacerdotes santos : verdadeiros sacerdotes!

E o batismo aplicado após a morte, é colocado para a hora da morte: Deus não é ontem, nem amanhã: Deus é hoje! Amém!

Portanto, isto não são Conceitos Teológicos Próprios: isto são ensinamentos bíblicos e da Igreja!

 

 

 

 

              CATÁSTROFES QUE ESTÃO POR VIR

 

 

01 - “ O Céu cobrirá toda a terra que será negra por muitas horas, e que, perdendo-se na escuridão, correrá o risco de colisões catastróficas e inimagináveis! (...) O Brasil perderá um terço de sua geografia! (...) A Europa será devastada por inteiro: a África Norte: quase todo o oriente.” ( AS 03.04.02)

 

C – As explicações para isto encontram-se na Bíblia! Mas, quem a lê? Em Amos, 3, 7 diz: “Deus nada faz sem antes avisar!” E a Bíblia avisa em muitos livros: Mt,24; IIPd, 3, 7; Is, 65, 17; Dn 12, 1; Zc 14, 12; Jô 16, 2 ; Ez 21; II Tess; Pd 3, 10; I tess 5, 2-3; Joel 2, 1-11; Is 24, 1-23; Sof 1, 2-18; Mq 1, 1-14; Naum 1, 1-14; Ap 8, 7-11; Jer 25, 32-33; Lc 21, 25-26....

E assim, poderíamos enumerar milhares de textos das Sagradas Escrituras que nos alertam a este respeito. Quem lê? Ou se lê, o que faz? Vira as costas para Deus, como se zombasse dele!

O nosso trabalho é sério e todas as mensagens que recebemos são analisadas por teólogos e estudiosos da Bíblia, portanto, pessoas que leem e então conhecem os desígnios de Deus. E o nosso interesse é de que TODOS leiam a Bíblia e a comparem com nossas mensagens, e assim poderão constatar a verdades que vem do céu!

A menos que a Bíblia seja um engodo!

 

 

 

 

                         SITUAÇÃO DA IGREJA

 

01 -“... da sua igreja, hoje tão mutilada e, de certa forma, inerte e sem rumos” ( FSSA, 4 )

 

C – Não cremos que a Igreja esteja totalmente inerte e sem rumos, mas cremos firmemente que: a maioria de seus “CAPITÃES” deixaram seu leme e consequentemente, a embarcação à deriva! E que há inércia em muitos sentidos, por parte também de seus membros e dizemos mais: Se não fosse João Paulo II, e outros Santos, a Igreja já teria afundado!

 

02 - “ Se até de dentro da Igreja, em seus altos escalões, tem se levantado vozes troantes em defesa do sexo livre e da pornografia...” ( FSSA, p. 43).

 

C - E por causa disto! E a prova está em recente reportagem da TV, quando padres e bispos se declararam coniventes ou pelo menos, cientes dos fatos! E os homossexuais? E então o que fazem?

 

03 - “ ... a casa de Pedro está repleta de adeptos de satanás” ( FSSA, p. 49 ).

 

C – E está: dentro dos muros do Vaticano há pelo menos 4 lojas maçônicas! E a Igreja condena a maçonaria!

 

04 - “(A cruz luminosa é obrigatória?) Não, não é! A intenção do Pai ao fazer tal pedido, era o de abranger o maior número possível de padres ao redor da mesa, mas a própria igreja não aceitou tal proposta. Ou antes, duvidou da proposta e dos profetas, como sempre o faz. O Pai Misericórdia a toda a prova, não quer punir as ovelhas por causa do erro do pastor.” ( OL, p.18).

 

C – A Cruz luminosa – refere-se à Cruz de Dozulé.

 Em milhares de lugares no mundo Deus tem suscitado profetas em todos os tempos e muitos deles para pedir a intervenção da Igreja no sentido de ajudar na reconstrução do mundo. Ao que percebemos, a maioria dos profetas não foram aceitos e isto em todos os tempos. E assim também ocorreu neste caso! Deus quer ajudar e conta com a Igreja, mas não é ouvido!

Um sacerdote me indagou certo dia: Por que Deus usa você e não eu que sou teólogo ou tantos outros, sacerdotes, bispos, etc.?

O que pude responder? Jesus, os Apóstolos, os Profetas antigos, Maria... nunca foram teólogos... e muitos santos não o foram!

Mas é óbvio que esta missão caberia em primeiro lugar aos escolhidos de Deus: seus sacerdotes! Mas cadê eles? Só alguns, que depois foram canonizados como santos! Só alguns entenderam realmente os caminhos de Deus e o viveram com ardor, e por isso mesmo, tiveram a graça do contato, quando ainda em vida, com o céu!

É interessante, porque TODOS os sacerdotes deveriam ser videntes ou confidentes do céu! Mas nem todos VIVEM o céu, e é isto que dificulta as coisas! Então Deus usa os leigos! Mas aí são escarnecidos... e não são ouvidos!

Oh, Deus paciente!

 

05 - “ A rebelião está bem próxima. Já 2/3 dos padres não acreditam mais no sacrifício de Meu Filho.” ( OL, 19)

 

C - E isto mesmo acontece! As Santas Missas mal celebradas que o digam! E estes são os que não acreditam mais na presença real de Jesus e no Seu sacrifício! E como existem!

O Padre deveria ser o primeiro vidente até porque é ele que celebra a Transubstanciação! Mas há os que fazem tudo maquinalmente, olhares alheios, trechos decorados e muito rapidamente, porque o “trem pode ir sem me levar...”

Tais padres acreditam em seu ministério? Acreditam na Transubstanciação?

 

06 - “ Hoje a Igreja está cheia de sujeira e de politicagem, disputas e falta de respeito.” ( Palavras de Nossa Senhora) ( OL, p.27).

 

C - É verdade! E isto não precisa explicar! Mas o céu vê!

 

07 -“ A Igreja está abarrotada de ratazanas” (Palavras de Nossa senhora( OL, p.27)

 

C É! O céu também se exaspera por tantas besteiras que ocorrem nos bastidores da Igreja!

 

08 - “ A desunião e a disputa de lideranças tão gritantemente exposta em nossa igreja, estão contribuindo para o afundamento da doutrina e para o caos completo” ( AAPS, p.22)

 

C - A disputa de lideranças, por ordem, deveria acontecer entre os leigos, mas por absurdo, acontece também entre os pastores! Temos provas disso, haja visto o número de padres que a nós recorrem em pedidos de socorro, por terem sidos alvejados com injustiças, perseguições, calúnias, por parte dos próprios colegas ou superiores! As disputas entre as congregações, a inveja entre elas e o clero secular, o pouco caso que fazem de seus pastores e superiores! Um padre me disse, quando eu o indagava do que teria feito em Roma em recente viagem: “Fui ver o Velho Gagá e dizer a ele o que se deve fazer!”

Um padre dizendo a um leigo que o Papa é um velho gagá faz o leigo pensar!...Ainda bem que não é meu caso... ( neste caso! )

Então por que a surpresa e a indagação ao ler as palavras do céu?

 

 09 - “... o inimigo se prepara para o ataque final! E tudo acontecerá... já dirige o mundo e a Igreja que se deixou enganar.” (SA 13.04.02)

 

C - Então o inimigo tem o campo aberto e age... Porque o inimigo não dorme!

 

10 - “ A batalha será árdua, porque há muitos traidores na Igreja!” (OL,p.9)

 

C – Traidores e bons! E por isso a batalha será árdua! No catecismo da Igreja Católica, lê-se no n. 675, pág. 194, Editora Vozes e Loyola, 1998:

 “Antes do advento de Cristo, a Igreja deve passar por uma provação final, que abalará a fé de muitos crentes! A perseguição que acompanha... a peregrinação dela na terra desvendará o mistério da iniquidade sob a forma de uma impostura religiosa que trará aos homens uma solução aparente aos seus problemas, à custa da Apostasia da verdade.”

E assim por diante! Nós também lemos o Catecismo! Este me foi presenteado por Dom Euzébio! Mas este Catecismo veio da Igreja Séria, ou do Velho Gagá?

 O Catecismo é a melhor forma de nos prepararmos para viver corretamente os caminhos de Deus! O Papa e alguns Bispos dizem isto!

E Nossa Senhora também!

 

 

 

                             UM NOVO REINO

 

01 - “ continuai rezando pelos padecentes, pois milhares poderão permanecer lá até o fim do mundo – que não será agora – e após a instauração do Novo Reino, as vossas orações já não poderão as alcançar.” ( AAPS, 35 )

 

C - A explicação para este item é a mesma do item 5, no Capitulo: Livro da Luz de São Miguel, além do que diz este parágrafo!

 

02 - “Na chegada do Novo Reino, o purgatório se extinguirá. As almas pagarão suas penas no Ato Divino da Purificação que Deus fará acontecer a todos os seus filhos vivos e padecentes. Mas os vivos que chegarem ao Novo Reino, terão também de pagar as suas penas devidas. (...) Assim, os que nada devem, receberão seus corpos glorificados e eternos... os outros viverão com seus velhos corpos, até pagarem todas as suas penas... tantos dias quantos seriam necessários no purgatório! ( AAPS, p.51-52)

 

C -  “Ninguém vai ao céu sem pagar o último centavo” mas haverá a ressurreição para os que viverem os caminhos de Deus!

Qual a surpresa? Isto é doutrina! A ressurreição se dará com os mortos e se dará também com os que estarão vivos nesta época: no fim dos tempos! Ou, poderíamos continuar com nosso corpo terreno, doente, cansado, se arrastando no céu? Não! Claro que não! Receberemos nossos corpos glorificados como receberão os que já estão mortos! Isto é doutrina! Mas é óbvio que teremos de passar por uma purificação, pois como ficaria a Justiça de Deus em relação aos filhos que estão no purgatório, se fossemos ao céu assim mesmo, sem precisar nos purificar? No final dos tempos, ou no juízo final, serão apenas dois os caminhos a seguir: “o das ovelhas e o dos cabritos!” Jesus resgatou com sua vida, na morte de cruz, os filhos que já haviam morrido e aguardavam no limbo: ressuscitaram! Sabemos que no céu há muitos santos vivendo com seus corpos e Nossa Senhora é um deles, conforme dogma da igreja. Na verdade existem muitos e a maior parte são os que viviam antes de Jesus e foram resgatados com Sua Paixão. No céu se vai completamente limpo, e, se há a promessa de Jesus da Ressurreição, por que haveríamos de esperar até o fim do mundo para isto acontecer? Não! Os puros, os completamente limpos possuem o direito de receber seus corpos gloriosos... e há muitos! Mas os que, na chegada de Jesus, não estiverem neste estado de graça não poderão merecer este prêmio e terão, necessariamente de “purgar” aqui as suas penas.

O homem é tão fraco que, se Deus lhe desse esta oportunidade – de ir ao céu meio impuro – poderia contaminar o céu! Ou não?

 

03 - “ Filhinhos, que o vosso purgatório seja aqui, porque não tereis tempo de outro purgatório. Se não viverdes o purgatório aqui, perdereis a vida do outro lado! Ou aceitais aqui as lutas, as provações, ou perdereis a vida para sempre, porque não tereis mais tempo para o purgatório: será eliminado com a vinda do Novo reino!” ( AAPS,p.94).

 

C – Aqui o alerta é dado aos que estiverem vivos quando da vinda de Jesus e é realmente melhor viver o purgatório aqui. É bem melhor! A explicação para este item é a mesma do anterior: só o céu ou o inferno. Não haverá outra opção! Ou pagamos aqui, ou...

 

04 - “ Ao lado de Jesus descem do céu milhares e milhares de santos e padres, com seus corpos glorificados, que ficam na terra para ajudar na reconstrução do novo mundo e instauração definitiva do Novo Reino.” ( OMF,p.23)

 

C - De fato, o Novo Reino não virá instantaneamente, mas devagar! E o céu ajudará com santos e os sacerdotes glorificados!

É absurdo o fato de virem os sacerdotes glorificados? Por que?  Tira-se da Bíblia o fato de que o sacerdote é eterno:” Tu és sacerdote eternamente...”

Eterno por que? No céu os que aqui na terra eram médicos, não serão mais; os engenheiros, não serão mais; ou advogados, ou administradores... tudo isto fica para trás com a morte. No caso do sacerdote é diferente: É sacerdote para sempre! Eternamente! E para que? Justamente porque também participará desde o céu, de seu apostolado, de sua missão, quando Deus precisará deles... e, olhando as coisas como estão, não se pode duvidar de que Deus realmente precisará deles para ajustar a terra!

 

05 - “ ... a humanidade tal qual é, terá um fim: o novo homem viverá uma nova vida; promoverá a paz duradoura e o amor perfeito sem igual... ou perfeito, como o Amor de Deus!” ( 14.03.2002)

 

C – Sede perfeitos como Deus é perfeito!” Novamente é Jesus quem diz isto! E por isso mesmo é necessário “morrer o que somos” para dar lugar ao que “devemos ser”: santos e perfeitos como Deus! Não chegaremos a isto, mas foi isto que Jesus pediu! É utopia? Não! Porque Jesus sabe das coisas.

Por isso, o homem de hoje precisa acabar! O homem de amanhã será o homem perfeito! Na verdade, o homem como Deus o criou!

 

 

06 - “ Toda a terra será abalada e nenhum lugar ficará livre das fúrias, mas há lugares previamente escolhidos que não se modificarão, pois são refúgios naturais que abrigarão aos filhos arrebatados pelo poder do Grande Pai. Vosso lugar é um desses refúgios. Sereis atingidos, mas sobrevivereis às calamidades pois sois escolhidos para a missão de instauração do Novo reino!” ( Palavras de Nossa Senhora) ( Vidente: “ As montanhas... refiro-me às serras do Brasil, a Brusque, Nova Trento, cercadas de morros...” ( AS, 03.04.02)

 

C - Tais alertas também são encontrados na Bíblia, apenas com palavras diferentes. E os refúgios também: lemos o caso de Lot, resgatado por Deus; Noé e sua família; São Pedro, libertado da prisão!... Portanto, Deus salvará quem ele quiser, e não acreditamos que precisemos construir refúgios, pois Deus nos encontrará em qualquer lugar! Deus salvará a quem Ele precisa para a missão, e, naturalmente, quem vive à Sua sombra! De forma que, apesar das catástrofes, hecatombes ou outros obstáculos, Deus haverá de resgatar os filhos que O amam! Naturalmente a frase acima não se destina só aos lugares citados, já que a pergunta foi feita tendo em vista o meu lugar, o lugar onde moro. A resposta abrange todos os lugares que Deus escolherá... Na verdade já os tem escolhido há milhares de anos!

Mas isto é história... pelo menos para os céticos, os que não creem em Deus, os que não O leem através das Escrituras...

E, quem somos nós para convencê-los?

 

 

 

                       O CÁLICE SAGRADO

 

Sobre as indagações a respeito deste assunto, não tenho argumentos para explicar, haja visto que nada ainda aconteceu, mas transcrevo aqui, na íntegra, a mensagem original, data de 19 de Março de 2001.

Esclareço que esta mensagem não me foi passada por ditado, e sim por visão, e por isso, eu via a João Paulo II, nosso Papa na época. No entanto, como Nossa Senhora já havia nos dito por muitas vezes, os fatos acontecerão com o Papa que estiver no trono à época dos acontecimentos, mas Ela sempre se referirá a Pedro.

Mas eu não tenho dúvidas de que: a Santa Missa final, no Calvário, será celebrada por João Paulo II, glorificado. Amém!

 

 

Campinas, SP, 19 de Março de 2001

 

Com relação ao Cálice Sagrado, foi me mostrado agora:

O Padre Nichil aceita, embora com muita dificuldade, o caso e se prontifica a nos levar ao local.

Na cidade santa, ouvimos um grande estrondo, e um grande avião em voo sobre a cidade, perde o controle, e um grande incêndio começa a acontecer com sua queda. Muitos prédios foram atingidos, inclusive o que guarda o “tesouro”.

Não pudemos desmanchar o muro, pois não nos pertence, e tivemos de obter ordens das autoridades, e com isto o mundo inteiro ficou sabendo do caso.

Liberados e rodeados por milhares de pessoas, começamos a remover os escombros.

Eu fui convidado pelas autoridades a sair do local, e me mantiveram preso, para o caso de a missão falhar!

Isto é, se não fosse encontrado nada eu pagaria na prisão por crime contra não sei o que... Por ter inventado e envolvido as autoridades nesta trama.

O Tesouro foi desenterrado por Norma, acompanhada de Estela. Juntos, A, I, E, Padre Nichil e outros Nichil, além de alguns padres de ordens diversas.

Ao retirar-se algumas pedras, percebeu-se que o tesouro estava guardado numa fenda do outro muro, ou seja, da construção ao lado. Uma fenda – faltando uma pedra- que fora fechada pelo muro posterior, este que agora está sendo demolido.

Tudo está intacto: o Cálice, sem brilho, alguns panos, alguns instrumentos pequenos - que não sei definir- e um rolo, escrito à mão. Isto tudo dentro de uma trouxa feita de um tecido grosseiro.

Policiais pretendiam se apossar dos objetos, mas Pe. NIchil os impediu, pois tinha uma ordem judicial que lhe dava o direito de posse, por serem objetos Sagrados, e em nome da Igreja, etc. etc...

O mundo recebeu a notícia sem muito interesse. Apenas a Igreja viu ali o extraordinário!

O povo judeu não deu atenção ao fato. Apenas algumas pessoas ficaram surpresas e se puseram a indagar.

Fui solto e nada mais aconteceu, a não ser as noticias pelo mundo: “Foi encontrada mais uma relíquia antiga...”

O rolo ficou hermeticamente fechado, guardado com os Nichil para estudos.

Como previsto, após a queda de um avião, etc., as coisas começaram a acontecer pelo mundo: o avião, um guerreiro americano, não poderia estar em ares israelenses, e daí resultou a guerra que se expandiu pelo mundo.

A besta tomou posse do trono de São Pedro e João Paulo II foi exilado.

Na Argentina e no Brasil andou por alguns abrigos, sendo sempre perseguido, mas conseguindo sempre a proteção, por parte de seus fiéis seguidores.

Sete meses de duras guerras, três bombas nucleares devastam quase tudo, e, cadáveres são amontoados em todos os lugares.

É o caos.

Termina a guerra e João Paulo II pode voltar ao trono, que lhe é entregue por forças amigas.

O mundo, em polvorosa, está sem rumo, perdido.

É colocada em evidência a historia do Cálice e o Papa manifesta o desejo de celebrar com ele.

O Pergaminho já tinha sido decifrado.

Na terra Santa, no Gólgota, tem lugar à grande celebração em Ação de Graças pelo fim da guerra... Mas não era o fim.

E o Sagrado Pão tornou-se Carne: vermelha, fresca, linda... Não sei descrever.

O Vinho transforma-se no Sangue do Meu Senhor!

O Cálice transborda e o Sangue Divino escorre lentamente, sobre a mesa, sobre o chão, sobre o povo! Parece cachoeira!

Espetáculo lindo! Estonteante!

E numa gigantesca nuvem azul nosso Rei Jesus, agora visível a todos,  Ele mesmo lê o pergaminho, que são escritos seus, a próprio punho, com a profecia completa deste acontecimento.

O povo judeu, embaraçado, percebe tudo e aceita-O (Jesus) como Filho de Deus!

Começa a conversão.

Ao lado de Jesus, na nuvem, milhões e milhões de santos, e os padres com seus corpos glorificados, ficam na terra para ajudar na reconstrução do mundo e na instauração definitiva do Novo Reino.

Percebi o porque de Nossa Senhora sempre nos pedir para rezar pelos padres, salvá-los do Purgatório: precisaremos deles.

Mas, apesar de tudo, o mundo inteiro ainda não se converteu e, manobrados pela besta, os infiéis travam novas batalhas.

A terra está toda ferida, mas a Igreja nasce dos escombros.

Começam então, a desabar pedaços de estrelas em grandes proporções, ferindo ainda mais a terra: caem em diversos lugares, arrasando, queimando, ceifando vidas e, um grande pedaço cai no Atlântico Norte, e toda a América do Norte afunda, até à Central e todas as Ilhas adjacentes. A América do Sul se parte e pouco restará dela apenas uma faixa desde o norte brasileiro até a Argentina. E outro pedaço, ainda maior, está vindo em nossa direção: este já queima de longe e, ao cair, acabará com a terra.

Deus mostra Sua força e segura no espaço o asteroide, que fica suspenso, parado...

É o grande milagre!

A terra gira em seu eixo, agora normalmente e, aos poucos o asteroide fica fora de sua direção.

Move-se então, e apenas uma suave brisa se faz sentir na terra.

O asteroide some no espaço.

A terra volta à vida: o frescor, o verde, a paz...

Jesus vem com o seu Reino: João Paulo II entrega as chaves da Igreja ao Rei, que agora a dirigirá pessoalmente, juntamente com os sacerdotes glorificados e os terrenos.

João Paulo recebe o seu corpo glorioso e sobe ao céu à vista de todos, junto de muitos Santos e Mártires.

Amém!

 

 

 

                              DIVERSOS

 

 

01 - “... o carisma de José de Nazaré e Angelina é muito raro e talvez único no mundo”(FSSA,p.65)

 

C- O carisma direcionado a esta missão é o único no mundo! Existem muitas pessoas com dons parecidos, mas a finalidade, a missão principal é outra!

 

02 - “ Aconteceu em 1991 – Dia de Corpus Cristi: José relata: segue-se a descrição de uma Ata não feita pelo responsável, mas por Jesus...) (OL.p.6)

 

C- Há provas disso!  Acho muito incrível as pessoas pensarem que Deus não tem poder para isto! Ele criou tudo, Santo Deus! E quantos outros acontecimentos extraordinários acontecem ainda hoje, e as pessoas não se dão conta. Querem explicar tudo à luz da razão! Que razão? O homem só enxerga a si mesmo! Deus trabalha com 100% de seu Cérebro! Pobre homem: o que vê com 10%?

Um amigo meu, dizia há poucos dias para um Padre que não acredita na multiplicação dos pães: - Se o meu Deus não tem poder nem para multiplicar uns pães, eu não quero este deus! Que deus de nada seria este!

 

03 - “( Vejo João Paulo II, um pouco desesperado. Pede socorro!) ( referente ao dia 26.03.98) (OL,p.9)

 

C - E vejo muita coisa, mas só o que Deus quer me mostrar!  Alias, jamais me interessei por ver outras coisas... João Paulo II agoniza e todo mundo sabe disso: agoniza por causa de sua saúde! Mas Deus não me mostra isto, e sim o seu sofrimento, o sofrimento do Papa ao ver o rebanho que se dispersa e perceber que já são poucos os que se interessam pelas ovelhas! Agoniza, se desespera: já quase ninguém o escuta. Quantas cartas, quantas orientações são arquivadas e não comentadas ou mostradas aos fiéis! Há bispos que não leem as encíclicas; – e conheço alguns – há padres que não se interessam pelo que diz o Papa; – conheço alguns. Há pouco caso, risos... Isto machuca! Isto dói! Ainda mais por que o Papa sabe de sua responsabilidade! Sim! O vi chorando! Pedindo socorro ao céu!

 

04 - “ No purgatório rezam muito esta oração( o Ângelus) ( OL,p.11)  

 

C - Claro, o Ângelus traz a oração da Ave Maria! A oração que abre o novo diálogo de Deus com a terra, para o início da história da salvação!  As almas rezam, porque amam a Maria, e Ela as ama da mesma forma. Na verdade, a quase totalidade das almas do purgatório estão lá por causa da Ave Maria. Os Santos que estão no céu, lá estão por causa da Ave Maria. Por isso rezam, intercedendo por nós, através da Ave Maria – na Oração do Ângelus – pois se eles foram salvos, obviamente seremos também usando também a força desta oração. As almas são nossas melhores intercessoras e sabem que Maria é o mais importante instrumento de salvação e o mais eficaz meio de diálogo entre Deus e a humanidade.

 

 05 -  “ Devem crer em Vassula” ( Palavras de Nossa Senhora” ( OL,p.20)

 

C- Vassula foi escolhida por Deus, e também, sofre as consequências!

 

06 - “... muitos profetas de hoje estão” eliminando” o purgatório, isto é, estão deixando de propagá-lo e isso deixa o Purgatório em desespero” ( Palavras de Nossa Senhora) M( OL, p.29)

 

C - Muitos profetas de hoje sequer acreditam no purgatório, e falo dos profetas que deveriam ser autênticos: Os padres. Muitos não acreditam no purgatório e até pregam isso... Para muitos o purgatório é coisa do passado. Coisa das vovós! Realmente, o purgatório está esquecido. Percebe-se a tortura do padre quando precisa celebrar uma missa de corpo presente, ou quando celebra o dia de finados: busca palavras e não encontra. Precisa agradar o povo, mas não acha a palavra certa. Muitos na verdade vão logo dizendo que: todos estão no céu! Deus é Misericórdia e não perde ninguém!

E eu digo: que Deus tolo é esse que deixa o homem fazer tudo o que quer: abusar Dele, fazer pouco caso, viver aberrações e depois lhe dá o céu?

Os padres que pregam a não existência do purgatório, não leram o Catecismo! Mas está no catecismo! Convido-os a ler: 954, 1030, 1031, 1472...

Não falam também no inferno, mas isso para não desagradar as pessoas! Mas o inferno também está no catecismo! Convido-os a ler: 393, 633, 1033, 1861...

O insubstituível Catecismo da Igreja Católica”, (palavras de Dom Murilo) é

Norma segura para o ensinamento da fé” ( João Paulo II, 15.08.97)

 

07 - “ Isso é para ver o quanto o Coração do Pai está mole hoje! ( palavras de São Miguel.! ) ( OL.p.30)

 

C- A expressão é chula, eu sei.  Mas, eu também sou, e o Céu fala carinhosamente comigo, usando o meu jeito de ser e falar.

Mas, Deus não é mole, Seu grande coração é que se comove com algumas ações dos homens...

 

08 - “ Pedro ( João Paulo II ) lutará firme, mas será excluído. (...) De fato, o farão calar... Ele é prisioneiro em sua própria casa. Não possui a liberdade que lhe é devida para pregar o reino, para denunciar, para avisar seus filhos sobre o grande momento que ocorrerá! Está sufocado! Abafado...” ( Palavras de Jesus – 17.07.98) ( OL,p.32.33).

 

C - Aqui a verdade dói!  Mas, podemos dar exemplos: Quem falou sobre as indulgências no ano 2000?  Quem falou do Rosário, no ano passado? Quem fala das indulgências de Nossa Senhora Aparecida?  Quem denuncia os absurdos e as falcatruas do mundo? Quem dá cobertura ao Papa?

Já temos perguntado algumas vezes a padres e bispos sobre algumas destas questões e muitos deles alegaram ainda não ter lido a respeito... E eu digo: Não leram por que? O Papa fala para eles!  Então por que achar estranho com o que diz Nossa Senhora?  A voz do Papa está abafada, sim, e Sua ação também!

O que se vê, é o que a TV passa! Mas, Suas cartas, Suas orientações, Suas doutrinas que o povo precisaria tomar conhecimento?  São guardadas nas gavetas, ou quando muito, publicadas em livros que o povo em geral não tem acesso.  Diga-se de passagem: Livros católicos são muito caros!!!  Mas, e o Papa o que faz?

Ele escreve e manda aos bispos, e estes aos padres, e estes ao povo... Deveria, pelo menos, ser assim...

 

09 - “ Ela ( Minha Mãe) vos ama “desesperadamente” ( Palavras de Jesus) ( OL,p.39).

 

C - O desespero de Nossa Senhora é traduzido como AMOR!

Sim Ela ama “desesperadamente”!

 

10 - “ Dia 20/10/1998 ( O toque do Pai” ( Ver OL, p.42).

 

C - Aqui eu poderia pedir TUDO... Mas, pedi a libertação das almas...

As pessoas que nos leem deveriam reter o que é bom, e não indagar o que não os é possível entender!

Deus é Pai e pode fazer isto! Sim!

 

11 - “ Não ficar de cara amarrada, de mal com a vida!” ( Palavras de Jesus) (OL,p.47).

 

C - Também aqui Jesus fala como eu.  Afinal Ele é meu Irmão!  Meu muito amado Irmão! E me ensina com muita intimidade as coisas!

Como se pode ficar de mal com a vida ou de cara amarrada, quando se tem Deus conosco? Os filhos de Deus são alegres e mesmo nas dificuldades podem contar sempre com o auxilio deste Deus que jamais nega nada a ninguém. Então por que ficar triste?

 

12 - “ E vi satanás: imponente, gigante, obstruindo a passagem dos que vinham da terra. Todos queriam entrar, mas a força dele era maior. E a luta para conseguir entrar no céu era imensa. “ Aqui não entra ninguém” vociferava ele( satanás), “ seus caminhos são outros”. E vi umas luta tremenda entre uma alma e ele. Palavrões, berros! Rolavam no chão, esmurravam-se!...”(...) De repente, aquela alma quieta levantou-se, muito devagar, olhou atentamente os contendores e num relance, aproveitando a distração do demônio que desviou o olhar da entrada do céu para prestar atenção ao adversário, pulou para a porta, que abriu-se instantaneamente. Satanás perdeu mais uma alma. “O céu fez festa de novo” ( OL, p.48-49)

 

C - É mais uma “novela” mas, tem gente que acredita nas novelas dos homens!  Porque não acreditar nas verdades de Deus?  Jesus falava em parábolas e Deus usa histórias ou ilustrações para que O possamos entender bem!  Isto é Pai!  Pai que ama faz assim: Ensina tudo, com todos os detalhes, e até desenhando às vezes para que possamos entender seu raciocínio.

A alma quieta são as pessoas que vivem Deus e confiam plenamente na sua Sabedoria e consequente intervenção e sabem que o demônio, embora astuto, jamais poderá enganar a Deus. As almas quietas vivem a paz!

Aqui, os mansos... “Bem Aventurados os mansos!”

Deus é Pai!  O mais maravilhoso e perfeito de todos!

 

13 - “ Eu o atirara de volta ao purgatório!” ( OL, p.51)

 

C - Porque eu ainda estava inquieto com ele.  Eu ainda o culpava. É o mesmo caso do capítulo: Resultado de mágoas.

 

14 - “ A Misericórdia Divina lhe deu mais aquele tempo, mesmo estando em coma, para receber as orações da sua família e assim poder salvar-se” ( OL, p.51). Atenção: no mesmo livro, na p.69, lê-se: “ Significa que, também a oração para Deus, sempre produz seu efeito no agora. Quer dizer que, tendo sido feita a vinte anos atrás ou a ser feita daqui a vinte anos, seu efeito é sempre HOJE” ( OL, p.69 ).

 

C - Haja visto o entendimento, ou a  dúvida por causa dos dois casos citados, podemos dizer: O jovem não era convertido e então precisava de orações; a família não  era convertida e ninguém rezava, então precisava de orações.  Deus fez as duas coisas: o rapaz recebeu orações e a família teve tempo de rezar e se converter. E exatamente isto aconteceu!

Se o jovem morresse no primeiro ataque, a família não rezaria, e quem sabe, até culparia a Deus pelo fato.  Deus sabe como fazer as coisas!

 

15 - “ ... senti uma alma perto de mim (...) A alma pôs-se a chorar... pediu para que a aspergisse com água benta” ( OL, p.52-53)

 

C - Para me mostrar o valor da água benta.  Um padre me disse uma vez que não devíamos acreditar mais nestas coisas de “sacramentais”, pois agora é diferente, é moderno.  Devemos viver a dessacralização (sei lá o que) das coisas, e confesso que isto me embaraçou muito e me confundiu...

Assim, pude receber a explicação através do gesto desta alma: o valor da água benta. E isto a Igreja sempre ensinou!...

Prefiro ficar com as coisas simples, como Deus quer, e assim a Igreja verdadeira ensina: A água benta é letal contra o inimigo!

 

16 - “ ... Nossa Senhora nos ensinou uma receita para curar diversas enfermidades relativas a ulceras, tumores e problemas nervosos, feita à base de estrela do mar, dizendo: “ Só vos podeis fazer e só vos podereis aplicar o remédio” ( OL, p.58)

 

C - A receita existe, e já aplicamos o remédio em muitos casos.  Mas só podemos aplicar nos casos em que Ela mesma indicar e isto temos feito, e assim muitas curas já aconteceram.  Mas chegará o momento em que devemos passar para todos, especialmente nos momentos difíceis que virão!

 

17 - “... Santa Brígida trazia consigo as outras 500 mil almas, que a partir dali faziam a subida conosco.(...) Aquele um milhão de almas gentilmente pediu e “puxou” a última dezena do Rosário aos pés do cruzeiro” ( OL,p.64)

 

C - E isto acontece muitas vezes, e embora no início de meu carisma isto me causasse muita surpresa e emoção, hoje já aceito facilmente e até me pergunto: Por que as outras pessoas não vêm?

 

18 -  “... eu havia deixado o meu terço sobre a lápide e de repente ele começou a se mexer como se fosse puxado para dentro do túmulo, ao que eu o peguei rapidamente” ( OL. P.67)

 

C - Obviamente o terço não iria para dentro do túmulo, mas ali, naquele momento, o Céu quis me mostrar Sua presença!

Lembro-me agora de um caso ocorrido aqui: Uma jovem – 17 anos – veio nos visitar para orações e aqui em nossa capelinha encontrou um terço que era seu: estava amarrado junto a outros como vieram da loja e ela o identificou por causa de uma marca que havia nele e por causa de uma medalhinha de Nossa Senhora que ela havia anexado. Mas como poderia estar ali? Esta remessa veio hoje de uma fábrica em Curitiba! A jovem disse: - Só sei que é o meu terço. O que eu havia colocado nas mãos de minha vovó, no seu caixão, quando foi enterrada!

 

19 -  (Cláudio) Mãezinha, gostaria de saber mais e de que me tirásseis as dúvidas sobre o fato de receber Jesus nas mãos...” ( Maria) “ deveis acariciar Jesus! Deveis tocá-lo! Senti-lo! Admirá-lo! Segurá-lo! ( OL. P.96) 

 

C - Aqui, a indagação feita tem um caráter de gozação!

Eu me curvo a isto e peço perdão aos que assim agiram, como tenho feito sempre.  Mas a pergunta que fiz á Mamãe visava ter um esclarecimento sobre o que pregam a respeito da comunhão ser válida somente quando ministrada na língua, com o fiel de joelhos.  Na verdade existem os que assim pregam e acabam causando transtornos e confusão.  Nossa Mamãe me orienta de que, é bom receber a comunhão também nas mãos, ou conforme a Igreja administra!  Mas uma coisa me faz achar ridícula: a surpresa que se deixa transparecer neste item! Porque a Igreja tem orientado veementemente sobre a necessidade de seguirmos suas normas e até alguns padres se negam a ministrar a comunhão na boca... E agora quando o caso é inverso, também a Igreja acha “gozado”!

Deus Santo! Até quando?

A explicação de Nossa Senhora é um ato de amor: se dirige a um filho e lhe fala com doçura, com carinho, procurando incutir naquele coração o valor de Jesus, para assim, aproveitar ao máximo o tempo que se pode estar com Ele. A ilustração da Mãe foi majestosa! Mas se referiu ao Espírito! Não à carne!

     

20 - “ Este é o ano em que tudo acabará” ( Palavras de Nossa Senhora; referência ao ano 2000( OL, p. 105)

 

C -  Aqui há que se fazer realmente uma ressalva!

Eu pessoalmente, Cláudio, estava atravessando uma crise em família que já vinha se estendendo há alguns anos... No final desta mensagem perguntei a Nossa Senhora, e Ela me disse que enfim tudo se acabaria neste ano. O que saiu errado foi o fato de ser incluída esta frase no livro, o que não deveria, por se tratar de assunto pessoal.  Mas, como errar é humano...

Como todos sabem, - todos os que leem nossos livros – que a própria Nossa Senhora diz que não devemos marcar nem dar datas a ninguém.  Portanto, o que saiu neste livro, não se refere a datas do fim dos tempos: é coisa pessoal.

 

21 - “ Quando tudo parecia terminado, os Arcanjos São Miguel e São Rafael, começaram como que, a esfregar suas asas sobre as paredes laterais do abismo e delas saiam faíscas...” ( AAPS, p.11-12).

 

C - Novamente Deus resolve ilustrar para melhor entendimento.  Os Anjos não tem asas, mas a frase é clara: “... Começaram como que...” Isto é: Como se tivessem asas... Etc.

 

22 - “ Como vejo...a) São Miguel:... Não tem asas” ( AAPS, p.14).

 

C - Não tem asas... Pronto!

 

23 - “ Então Jesus me disse: Filho, esta ( pessoa) está perdida!...(...) Mas Jesus, ela ainda está viva! Ainda há tempo! “ Há tempo... mas quem se atreveria a buscá-la? Eu! Eu posso ir...( segue-se a descrição da visita do vidente ao inferno, para buscar a alma desta pessoa ainda viva, mas cuja alma já estava lá...) ( AAPS, p.48-50)

 

C- É difícil de explicar, e mais ainda quando a indagação é capciosa! Aliás, Nossa Senhora já me havia alertado “Cuidado com as perguntas capciosas”. E eu nem sabia o que era isso e tive que perguntar a um professor.

Por que não usar o coração ao lermos?

A pessoa estava viva, mas em pecado grave, a caminho do inferno.  Implorei a Deus por sua salvação e Ele me mostrou o estado da alma e me propus a salvá-la ou fazer seja o que for para que Deus a salvasse...

Deus me deu as “condições” e eu aceitei... E aceitei com amor.  E como sofri! Quanto sofrimento, quanta angústia, quanta dor... Mas, a pessoa se converteu e se salvou!

Qual o mal? Não dá para entender! O livro não diz que a pessoa estava viva e sua alma já estava no inferno! Há pessoas que: “Tem ouvidos, mas não ouvem, tem olhos, mas não veem”. Eu digo: claro que ouvem e veem... Mas, não querem!...

 

24 - “É necessária primeiro, a apostasia, e isto acontecerá após o afastamento do Papa: deste Papa! (...) ... haverá o Grande Milagre! Sete meses de angustia, terror, ódio... e tudo virá.” ( Palavras de Nossa senhora) ( AAPS,p.53).

(Explicação do vidente: “ Aqui Nossa senhora se refere ao caos que acontecerá na igreja coma saída de João Paulo II ( escuridão), mas que só será observada ´pelos filhos da luz...! ( AAPS, p.54).

 

C - A mensagem é de Nossa Senhora, mas há referencias bíblicas e no catecismo da Igreja Católica, como já vimos.  Mas, que devo dizer diante dos incrédulos?  Faço o que Nossa Senhora pede: “Divulga o que recebes, pois, não recebes para ti. Tu és só um instrumento”! E assim ajo: Meu dever é divulgar.  O resto é com Deus!

Convido novamente a ler o catecismo: 675, 676, 677...

E hoje, a Igreja não está vivendo a apostasias? As heresias?

Só não vê quem não quer!

 

25 - “ (Pedro) Está para ser afastado a qualquer momento e este será o grande sinal, como tenho avisado tantas vezes” ( AAPS,p.57)

 

C - Aqui há o primeiro parâmetro para o início dos acontecimentos: A saída de Pedro, e isto Nossa Senhora tem realmente dito varias vezes, embora não tenha se referido a datas: “Pedro está acorrentado...” “Pedro será retirado do poder...”

É óbvio que há os incrédulos e sempre haverão.

O Pedro acorrentado, já foi tirado do poder!

Outra frase de Nossa Senhora:

”Chegará o dia em que verão as luzes, mas para alguns será tarde demais por que então sua missão já estará terminada e para outros o arrependimento também os atingirá e os fará sofrer muito...”

 

26 - “ Por graça especial de Deus, muitas mensagens nos são passadas nos cemitérios, através do Arcanjo São Miguel, Nossa Senhora e até do próprio Jesus e temos a graça de saber o resultado daquela visita. Às vezes, por ordem do Pai, também almas escolhidas nos trazem mensagens.(...) E, a pedido de Nossa Senhora que é a autora deste livro, não mencionaremos em quais cemitérios foram dadas para não provocar constrangimentos ou especulações...” ( AAPS, p. 62)

 

C -Escutei um padre dizer em uma homilia :”Ninguém pode falar com os mortos, isto é lá com os espíritas!”

Fiquei surpreso: o padre acredita nos espíritas!

Eu digo diferente: Não acredito nos espíritas, pois, não há como se comunicar com os mortos! Mesmo porque, Deus é o Senhor dos vivos!

Então as almas que podem se comunicar conosco são as dos Santos... E isto é possível, pois todos são Igreja: militante, glorificada e padecente.  Alias, as almas mortas, as do inferno não podem se comunicar conforme palavras de Jesus: “Há uma grande barreira entre o céu e o inferno, de modo que não há como fazer esta comunicação!” Isto está relatado no caso do rico e de Lázaro.  Mas, os santos, e as do purgatório são nossas irmãs: A mesma igreja, o mesmo Corpo de Jesus.

Fico aflito com os que não compreendem isso!

 

 

 27 - “ Este cemitério estava fechado pois já era noite, e as almas se reuniram perto do portão e nos acenavam agradecendo-nos por nosso trabalho.” ( AAPS,p.69)

 

C - As almas, nós sabemos, não estão no cemitério. Lá estão seus corpos, mas elas nos têm acompanhado sempre, como também acompanhavam os grandes Santos da Igreja, como lemos em livros aprovados pela Igreja!  Elas rezam conosco e intercedem a Deus por nosso trabalho.

Vamos dar um exemplo: as pessoas que já tem seus pais mortos, qual lugar seria o mais propício, digamos, para fazer uma visita aos pais? O último “marco” deles foi o cemitério e lá, certamente será o lugar mais adequado para visitá-los! Contudo, eles não estão mais lá, mas podemos ter certeza: de onde estiverem, observam seus filhos e ficam felicíssimos em saber que ainda não foram esquecidos... e que os filhos ainda os amam! Os que não visitam cemitérios, já esqueceram-se dos seus...

Nos cemitérios estão as relíquias que Deus criou!”- nos diz Nossa Senhora.

Aliás, é importante lembrar de que a Santa Igreja Católica é a única que presta veneração aos mortos: Há corpos intactos, há múmias em tantos lugares, há Capelas cujas paredes e teto são feitos de ossos... São relíquias...

 

28 - “ Eu sei que a terra vai enlouquecer, será atirada no espaço!” (...) Eis que o astro vem antes de mim a chocar-se com a terra! E arrebentá-la, e jogá-la no espaço!”( Palavras de Jesus) ( AAPS,p.92-93)

 

C - Refere-se ao final dos tempos: Como já falamos, há várias mensagens a este respeito e não só nossas, no entanto há também respaldo bíblico.  E se não houvesse não as publicaríamos!

 

29 - “ Quando Deus soltar os freios do inferno, após a expulsão do Papa João Paulo II do Vaticano, ( Pedro ) aos poucos, os demônios tomarão de tal forma as mentes humanas que, em alguns países restarão poucas pessoas capazes de se manter lúcidas.(...) Agora pouco ainda pode ser feito, pois a catástrofe virá e será extrema” ( OMF,p.04-05)

 

C - Alusão aos tempos da apostasia, que acontecerão à entrada do Novo Reino...

 

 

                  CONCLUSÃO

 

 

C – Estamos fazendo a nossa parte!

Só o que cabe a nós!

E fazemos com amor e com submissão a Deus: Muitas vezes temos pedido a Deus para que trocasse os elementos, ou seja, escolhesse outra pessoa.

À Nossa Senhora, eu pedi certa vez, para que intercedesse a Deus no sentido de convidar outra pessoa e Ela me respondeu:

“Se Deus tivesse escolhido outra pessoa em qualquer lugar do mundo, esta pessoa estaria fazendo a mesma pergunta: Por que eu?”

Em outra ocasião, fiz o mesmo pedido e Ela me disse:

“Você só serve para isso!”

Se só sirvo para isso, farei o melhor que posso!

Diante então, dos argumentos de Deus, curvamo-nos e fazemos o que podemos.

Tínhamos um sonho há tempos atrás: Minha esposa e eu planejávamos ter uma casinha, um pequeno sítio quando aposentados, para distrairmo-nos com a natureza, para descansarmos, com rede á sombra das árvores, jornal com letras graúdas...

Nossa filha nos perguntou recentemente:

- Onde está o sítio, a rede, o jornal? Onde esta o sonho de vocês?

- Deus nos passou uma rasteira! Nos mandou ao trabalho!

Louvado seja Ele, para sempre!  Amém.

 

Mãe Maria,

 Saudai a Jesus por nós!

(Padre Pio)

 

 

 

 

 
 
Artigo Visto: 1176 - Impresso: 25 - Enviado: 6
 

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.salvaialmas.com.br

 

Visitas Únicas Hoje: 485 - Total Visitas Únicas: 1787899 - Usuários Online: 53
Copyright 2015 - www.salvaialmas.com.br - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por: www.espacojames.com.br/sites