Newsletter
Receba nossos artigos diretamente no seu email.
Nome
Email
Cadastro manual: Entre em contato
 




 
 
02/05/2018
ORAÇÕES PREPARATÓRIAS PARA CONSAGRAÇÃO À JESUS CRISTO SABEDORIA ENCARNADA, PELAS MÃOS DE MARIA - DÉCIMO DIA
Orações preparatórias para Consagração à Jesus Cristo Sabedoria Encarnada, pelas mãos de Maria!
 
 
 

 

ORAÇÕES PREPARATÓRIAS PARA CONSAGRAÇÃO À JESUS CRISTO SABEDORIA ENCARNADA, PELAS MÃOS DE MARIA

 

DÉCIMO DIA

 

Oração de Santo Agostinho

 “Vós sois, ó Jesus, o Cristo, meu Pai Santo, meu Deus misericordioso, meu Rei infinitamente grande; sois meu Bom Pastor, meu Único Mestre, meu Auxílio cheio de bondade, meu Pão Vivo, meu Sacerdote Eterno, meu Guia para a pátria, minha Verdadeira Luz, minha Santa Doçura, meu Reto Caminho, Sapiência minha preclara, minha Pura Simplicidade, minha Paz e Concórdia; sois, enfim, toda a minha Salvaguarda, minha Herança preciosa, minha Eterna Salvação.  Ó Jesus Cristo, Amável Senhor, por que, em toda a minha vida amei, por que desejei outra coisa senão Vós?  Onde estava eu quando não pensava em Vós?  Ah! que, pelo menos, a partir deste momento meu coração só deseje a Vós e por Vós se abrase, Senhor Jesus!  Desejos de minha alma, correi, que já bastante tardastes; apressai-vos para o fim a que aspirais; procurai em verdade aquele que procurais.  Ó Jesus anátema seja quem não Vos ama.  Aquele que não Vos ama seja repleto de amarguras.  Ó doce Jesus, sede o amor, as delícias, a admiração de todo coração dignamente consagrado à Vossa glória. Deus de meu coração e minha partilha, Jesus Cristo, que em Vós meu coração desfaleça e sede Vós mesmo a minha vida.  Acenda-se em minha alma a brasa ardente de Vosso amor e se converta num incêndio todo divino a arder para sempre no altar de meu coração; que inflame o âmago de minha alma; para que no dia de minha morte eu apareça diante de Vós inteiramente consumido em Vosso amor.  Amém”.

                                                                

Vinde Espírito Criador

Vinde Espírito Santo Criador, visitai as almas daqueles que são Vossos e enchei com Vossa graça celestial os corações que criastes. Vós sois o Divino Consolador, o Dom Inefável do Altíssimo, a Fonte Viva, o Fogo, a Caridade, a Unção Espiritual das almas. Concedei-nos Vossos Santos Dons. Sois o Dedo de Deus, o Objeto Real da Promessa do Pai.

Colocai Vossas palavras em nossos lábios e ascendei Vossa Luz em nossas almas, insuflai Vosso amor em nossos corações e amparai sempre com Vossa força, nossa carne desfalecida. Afastai para longe de nós o inimigo, e apressai-vos em dar-nos a paz. Fazei com que, sob Vossa condução evitemos tudo o que nos seja prejudicial, fazei com que, por Vós conheçamos o Pai, assim como o Filho, Vós que procedais do Pai e do Filho, sede sempre o objeto de nossa crença.

Glória a Deus Pai, a Seu Filho que ressuscitou dos mortos, assim como o Paráclito, por todos os séculos dos séculos. Amém.

 

Ave, Estrela do Mar 

Ave, Estrela do Mar, Mãe de Deus, sempre Virgem e bela. Da morada celeste feliz entrada.

Ó Tu que ouviste da boca do Anjo a saudação; dá-nos paz e quietação e o nome de Eva troca.

As prisões aos réus desata, e a nós cegos alumia, de tudo o que nos maltrata nos livra e o bem nos granjeia.

Ostenta que és Mãe, fazendo que os rogos do Seu povo, ouça Aquele que nascendo por nós quis ser Teu Filho.

Ó Virgem especiosa, toda cheia de ternura, extintos nossos pecados, dá-nos pureza e brandura.

Dá-nos uma vida pura, põe-nos em via segura, para que a Jesus gozemos e sempre nos alegremos.

A Deus Pai veneremos, a Jesus Cristo também, e ao Espírito Santo. Demos aos três um louvor. Amém!

 

Magníficat 

Minha Alma se gloria no Senhor e Meu Espírito exulta de alegria em Deus Meu Salvador, porque olhou a humildade de Sua Serva, doravante todas as gerações hão de chamar-me bem aventurada porque fez em mim maravilhas Aquele que é poderoso e cujo nome é Santo! Sua Misericórdia se estende de geração em geração sobre os que o temem. Manifestou o poder de Seu braço, desconcertou os corações soberbos, derrubou do trono os poderosos e exaltou os humildes, saciou de bens os famintos e despediu de mãos vazias os ricos, socorreu Israel Seu servo, lembrado da Sua misericórdia, conforme prometera a nossos pais em favor de Abraão e de sua descendência para sempre. Amem!

        

Meditar:

Desprezando-se o mundo é suave servir a Deus.  Outra vez falarei agora, Senhor, e não me calarei.  Direi a meu Deus, Senhor e meu Rei, assentado no trono dos céus: “Ó Senhor, quão grande é a abundância de Vossa doçura que reservais para os que Vos temem.  O que não será, pois, para os que Vos amam e Vos servem de todo coração”?  (Sal 30,20) Na verdade são inefáveis as delícias de que inundais os que vos amam, quando sua alma Vos contempla.  Eis que mostrastes singularmente a ternura de Vosso amor.  Quando não existia me criaste; quando andava errante me chamastes a Vós para que Vos servisse e me pusestes o doce preceito de Vos amar.   Ó fonte de amor perene!  Que direi de Vós?  Poderei eu esquecer-me de Vós, que Vos dignastes lembrar-Se de mim quando eu jazia no abismo da corrupção e da morte?  Usastes de misericórdia com Vosso servo sobre toda esperança, e além de todo merecimento me concedestes Vossa graça e amizade.  Com que Vos agradecerei Senhor, tão singular favor?  Porque nem a todos é permitido deixar tudo, renunciar ao mundo para abraçar a vida religiosa.  Por ventura é grande coisa que eu Vos sirva, quando toda criatura está obrigada a Vos servir?   Conheço que não faço coisa grande em Vos servir.  Mas o que me enche da mais profunda admiração é que meu conceito parece grande, é que Vos digneis receber-me ao Vosso serviço e unir-me com Vossos amados servos, sendo eu tão pobre e tão indigno desta honra.  Vossas são pois, todas as coisas que tenho e ainda o serviço que Vos faço é um dom que me concedeis.  Eu devia fazer tudo por Vosso amor, e sucede que mais servis Vós a mim do que eu a Vós.  Criastes para o serviço do Homem o céu e a terra, que estão sempre em Vossa presença e fazem cada dia o que lhes mandais.  E isto ainda é pouco, pois, até haveis destinado os anjos para o servirem.   Mas não pára aqui Vossa bondade infinita, pois, Vos dignastes servir ao homem e lhe prometestes que Vos daríeis a ele com toda Vossa glória.  Que Vos darei meu Deus, por tantos milhares de benefícios?  Oh!  Se eu pudesse servir-Vos dignamente um só dia!  Em verdade só Vós sois digno de ser por todos servido, honrado e louvado eternamente.  Vós sois na realidade, meu Senhor e eu Vosso pobre escravo, obrigado a servir-Vos com todas as minhas forças, sem jamais me cansar de publicar Vossos louvores.  Assim o quero, assim o desejo.  Dignai-Vos suprir por Vossa graça, o que me falta para cumprir este meu desejo.  Que honra Senhor, que glória não é servir-Vos e desprezar tudo por amor a Vós!  Inúmeras graças receberão aqueles que voluntariamente se sujeitarem a Vós.  Acharão a suavíssima consolação do Espírito Santo os que, por Vosso amor, desprezarem todos os atrativos da carne.  (Im. De Cristo, l. 3, c. 10, 1-50)

 

 

 
 
Artigo Visto: 328 - Impresso: 4 - Enviado: 2
 

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.salvaialmas.com.br

 

Visitas Únicas Hoje: 275 - Total Visitas Únicas: 1822774 - Usuários Online: 67
Copyright 2015 - www.salvaialmas.com.br - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por: www.espacojames.com.br/sites