Newsletter
Receba nossos artigos diretamente no seu email.
Nome
Email
Cadastro manual: Entre em contato
 




 
 
01/11/2016
Amanhã, dia 02 de Novembro é dia das Almas! Isto é: dia em que a Igreja dedica às almas.
Mas, devo dizer, dia das almas são TODOS OS DIAS, pois todos os dias elas sofrem no Purgatório.
 
 
 

Porto Belo, SC, 01 de novembro de 2016

 

Caríssimos Irmãozinhos de Jesus – Amigos do Salvai Almas

 

Amanhã, dia 02 de Novembro é dia das Almas!

Isto é: dia em que a Igreja dedica às almas.

Mas, devo dizer, dia das almas são TODOS OS DIAS, pois todos os dias elas sofrem no Purgatório; todos os dias mais e mais almas chegam àquele local de sofrimentos, de sacrifícios, de tormentos, de dores, e de lá só poderão sair no prazo determinado por Deus, que pode ser de mil anos ou até mais, como pode ser de alguns dias, dependendo do que precisa ser pago.

Em nossos livros falamos muito sobre o Purgatório e da necessidade de se rezar pelas almas, pois elas NÃO podem rezar por si mesmas, e citamos muitos exemplos, apresentados por elas mesmas, do porque vão ao Purgatório; quem vai ao Purgatório; porque o tempo de cada uma; o que é necessário fazer para libertá-las, e assim são muitos os exemplos e depoimentos de santos e almas padecentes, que nos dão uma verdadeira Doutrina sobre o Purgatório – um verdadeiro tratado sobre o Purgatório. (Livro  Fundamentos da Salvação; o Livro 2; o livro As almas pedem socorro; o livro As almas falam, nos volumes I e II.)

Há nestes livros, farto material que nos ensina a amarmos as almas e a nos preocupar com elas.

Temos exemplos também nos deixado por muitos Santos. Gosto de mencionar sempre o Santo Cura D”Ars, São João Batista Maria de Vianey, quando diz:

“Se soubéssemos como é grande o poder das boas almas, sobre o Coração de Jesus, e se soubéssemos também, quantas graças poderíamos obter por sua intercessão, é certo que não seriam tão esquecidas! A uma senhora que se confessava com ele, disse: Há dez anos o teu pobre pai está sofrendo no Purgatório e vocês não mandaram rezar sequer uma Missa para o libertar!

Santa Francisca afirma que a maioria das almas do Purgatório, lá sofrem até 30 ou 40 anos. Muitos Santos viram almas destinadas a lá permanecer até o fim do mundo!

São Paulo da Cruz, estando em oração, ouviu que batiam à porta com força: - Que queres de mim, pergunta.

- Quanto sofro! Quanto sofro, meu Deus! Sou a alma do Padre... Há tanto tempo estou no Purgatório: parecem mil anos!

São Paulo da Cruz o conheceu logo e respondeu: - Meu Padre, faz tão pouco tempo que faleceu e já me falas em mil anos? E, comovido, rezou a Santa Missa por ele e viu-o então entrar para o Céu, na hora da Comunhão!

Em nossos livros são muitos os exemplos nos passados pelos próprios padecentes, ou por Jesus, Nossa Senhora, São Miguel...

E temos falado muito sobre este tema em nossas palestras ou catequeses, pois também percebemos os sofrimentos das almas e a nossa responsabilidade sobre a libertação delas.

Deus determina o tempo, mas, conforme muitas mensagens nos passadas pelo Céu, sabemos que: as orações fazem diminuir o tempo e muitas milhares são salvas diariamente por causa dos corações bonitos que por elas rezam. Há uma mensagem recente, nos passada quando de nossa visita a um falecido em uma capela mortuária em Maringá: nosso grupo – equipe Central do Salvai Almas – rezava junto ao corpo, quando o Céu me mostrou o tempo de Purgatório daquela alma: cinquenta e tantos anos! Comecei a implorar para que a libertação acontecesse naquele momento. Nossa Senhora me perguntava:

- Tens certeza que queres que se liberte agora?

- Sim, Mãe! É tão grande o seu sofrimento!

E Nossa senhora me perguntou por algumas vezes e eu respondia a mesma coisa, tamanho era o meu sofrimento em ver o sofrimento desta alma.

- Então, está bem, filho! Teu grande amor a salvou!

Vale dizer que todo o nosso grupo rezava sem parar... E a alma subiu ao Céu, ali, naquele momento!

Devo também dizer que: muitas almas não recebem orações de sua família, porque em vida não ensinaram sua família a rezar! E estas podem ficar lá, por milhares de anos, e o sofrimento delas é saber que seus filhos também passarão pelos mesmos tormentos!

Rezemos, irmãozinhos amados, rezemos!

É tão bom termos amigos no Céu!

Amém!

Um grande abraço,

Cláudio

 

 
 
Artigo Visto: 696 - Impresso: 11 - Enviado: 7
 

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.salvaialmas.com.br

 

Visitas Únicas Hoje: 88 - Total Visitas Únicas: 1671051 - Usuários Online: 28
Copyright 2015 - www.salvaialmas.com.br - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por: www.espacojames.com.br/sites