Newsletter
Receba nossos artigos diretamente no seu email.
Nome
Email
Cadastro manual: Entre em contato
 




 
 
12/04/2016
Santana do Parnaíba, SP, 24 de Março do 2016
Quinta Feira Santa!
 
 
 

Santana do Parnaíba, SP, 24 de Março do 2016

 

No relato anterior, a respeito das visitas a Cemitérios de Santana do Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus, deixamos de registrar, por distração, o nome da Sra. Maria Amélia, que nos acompanhava naquele dia. Maria Amélia é Mãe da Conceição – que nos hospedava – e reside em Portugal. Esta tão doce “avozinha” fez questão de nos acompanhar, apesar de seus quase 90 anos de idade. Uma bênção de criatura. Deus seja louvado por nos conceder a graça desta doce companhia!

Continuamos então nosso relato, a respeito desta viagem.

Dia 24 de Março – Quinta Feira Santa!

Acompanhamos, na Igreja Matriz Nossa Senhora de Lourdes, de Barueri, as cerimônias pertinentes a este Santo Dia: Lava pés, instituição da Eucaristia, instituição do Sacerdócio... Tudo celebrado pelo Padre Ubirajara. O amor deste Padre para com as celebrações, o seu zelo pelas coisas do Céu, as suas palavras, lavavam as nossas almas e sentia-se realmente o Céu ali presente. E, percebia-se que TODOS sentiam a mesma coisa, pois a Igreja era totalmente lotada em todos os dias.

Após as celebrações, como acontece sempre, o Santíssimo foi transladado, do Altar principal, para o Salão de Eventos, nos fundos da Igreja. Todo o povo seguiu a “procissão”, lotando completamente o salão, e o Santíssimo foi colocado sobre o altar com cantos, orações, vivas... E o povo se pôs de joelhos para iniciar a “Adoração.” A cada hora, grupos se revessariam, mas aqui foi diferente: poucos saíram do lugar e, cada grupo apresentava o seu “papel”, a sua Adoração e era acompanhado por centenas de pessoas. O último grupo era o formado pelos Ministros da Eucaristia e rezariam até à Meia Noite, embora todos já estivessem ali desde o inicio das celebrações! Às 23,00 hora então, o responsável pelo grupo, deu inicio assim: “Agradecemos a presença do Sr. Cláudio e D. Norma e vamos hoje fazer a nossa Adoração com “As Quinze Orações de Santa Brígida!”

Não sei explicar se foi um choque elétrico, ou uma carga de água gelada que atingiu o meu coração, tamanha foi a surpresa e a emoção que me tomaram por completo. A Norma também sentiu-se assim.

Cada oração era revezada com a estrofe do Canto: “Quão grande és Tu”.

(Então minha alma canta a Tí, Senhor: Quão Grande és Tu, Quão grande és Tu!)

Vale dizer que os músicos estiveram presentes em todo o tempo, em todos os horários de Adoração, até o termino: Meia- Noite.

O silêncio, a organização, o respeito, tudo nos contagiava, e não dava  espaço no coração, para sentir vontade de ir embora! Amém!

É óbvio, que em TODAS as Paróquias, no mundo inteiro, se fazem também todas estas celebrações, mas aqui, não se viu disputas de lideranças (Quem é o melhor, quem fez o melhor) porque TODOS os participantes estavam imbu[idos de uma mesma vontade: ”Amar, amar, amar com todo o coração, com toda a alma e com todas as forças, Aquele que é o Mair, o Melhor, o Único: JESUS!

Amém. 

 
 
Artigo Visto: 856 - Impresso: 9 - Enviado: 5
 

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.salvaialmas.com.br

 

Visitas Únicas Hoje: 94 - Total Visitas Únicas: 1671057 - Usuários Online: 33
Copyright 2015 - www.salvaialmas.com.br - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por: www.espacojames.com.br/sites