Newsletter
Receba nossos artigos diretamente no seu email.
Nome
Email
Cadastro manual: Entre em contato
 




 
 
13/05/2018
A PORTA DO CÉU - PARA RECORDAR
Mensagem de São Miguel ao Confidente Católico Cláudio Porto Belo – SC - 15 de março de 1999
 
 
 

A PORTA DO CÉU - PARA RECORDAR


Mensagem de São Miguel ao Confidente Católico Cláudio 
Porto Belo – SC - 15 de março de 1999 - 4,40 horas - Santa Luiza de Marilac

 

 

Paz!
Filho, hoje quero te mostrar a porta do céu – falou São Miguel!

E pelos caminhos da luz, cheguei e me mandou que prestasse atenção em todos os movimentos à entrada da porta. O lugar não era muito bonito, cercado de rochas, montanhas escuras, com emaranhados de cipós, um terreno ruim, íngreme, quase não se via a estrada. Mas a porta era majestosa: Duas folhas arredondadas de ouro maciças, cravejadas de diamantes... seu abrir e fechar não produzia nenhum som... Silêncio absoluto.
De dentro para fora, uma luz brilhante, resplandecente, parecia refletir todas as cores do mundo... ou seriam todas as cores do céu? Por ela, entravam as almas, das quais muitas eu pude reconhecer, pois já as havia visto antes em minhas orações! 
Ao entrarem, o Céu todo parece festa. Parece querer dar pulos, saltar, dançar: música, canções, vibração total. O Céu é todo festa quando recebe uma alma! E tudo estremece. É impossível descrever! ... Mas não pude vê-Lo por dentro, fiquei apenas com a promessa do Anjo, de que um dia o veria...
Por enquanto observa a entrada. As pessoas chegando...
Na entrada antes da porta, pessoas em fila, aguardavam a chamada. – São as que vêm da terra?
Da terra... do purgatório, mas as do purgatório, vem pela estrada mais aberta, aquela sem empecilhos... os outros vêm da terra!
E vi satanás: imponente, gigante, obstruindo a passagem. Todos queriam entrar, mas a força dele era maior e a luta para conseguir a passagem era imensa... – Aqui não entra ninguém – vociferava – seus caminhos são outros. 
E vi uma luta tremenda entre ele e uma alma: Palavrões, berros horríveis, rolavam, empurravam-se... Num canto, quieta, tranquila, embora alheia àquilo, uma alma aguardava. De vez em quando aconselhava as outras: - Fiquem calmos, não se exasperem, não lutem com o demônio diretamente... ele é muito mais forte do que nós! – Mas como chegaremos lá? – Aguardem de rosário em punho, em silêncio!
Só agora pude ver o rosário! Não estava à mostra, parecia dentro de si... Talvez no Seu coração! – O Rosário... Maria é o segredo?
Ser manso é o segredo, ser humilde, ser puro e ter a intercessão de Maria!
Fiquei horas a observar aquela luta que parecia não Ter fim: Sangue, carne, feridas, rostos deformados... A alma quieta levantou-se devagar, olhou atentamente os contentores e num relance, aproveitando a oportunidade de o demônio desviar o olhar da entrada para prestar atenção ao adversário, pulou para o Hall e a porta abriu-se instantaneamente! O Céu fez festa de novo! Satanás envolvido em luta feroz, perdeu mais uma alma! 
- Então não devemos lutar com ele?
Com ele não! Não teriam condições de vencê-lo, contra ele, sim! Mas para isto, devem usar as armas disponíveis...
(O rosário?)
O rosário é poderoso, as Missas poderosíssimas, mas além de tudo isto, a confiança em si próprio, a mansidão de espírito! A mansidão produz a coragem, a prudência. A mansidão permite “ver” os movimentos do inimigo, permite fazer “saltar” no momento certo para o outro lado e enquanto os brigões se engalfinham, o manso aproveita a oportunidade para galgar o Céu!
(Este é todo o segredo?)
É um dos segredos. Porém é certo, que o Céu é feito de mansos e humildes de coração... só mansos e humildes de coração! É certo também, que a mansidão se consegue no orar, não desviar o olhar do inimigo, mas usar a prudência para não perceber que está sendo observado. Esperar o momento certo, a hora certa... o momento do Pai! O Céu é feito de sábios e prudentes, de mansos e humildes de coração! 
Percebi que durante todo o tempo que ali fiquei apenas uma, “aquela alma” conseguira passar, os outros, a fila imensa, medrosa, estavam estancados, arregalados... uma a uma se apresentava para o combate insano, sem razão, sem trégua... infernal, suicida!
(Quem pode com satanás?)
Ninguém pode, sozinho não! É mais astuto que os filhos da luz!

 

 
 
Artigo Visto: 245 - Impresso: 10 - Enviado: 1
 

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.salvaialmas.com.br

 

Visitas Únicas Hoje: 589 - Total Visitas Únicas: 1821199 - Usuários Online: 86
Copyright 2015 - www.salvaialmas.com.br - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por: www.espacojames.com.br/sites