salvaialmas




Mensagens Ano 2004
<< Voltar






16/08/2013
O PURGATÓRIO ACABARÁ
Rezai pela almas do Purgatório para que nenhuma permaneça lá depois do Novo Reino.



Filhinhos! Paz!

Muito obrigada! Abrigada, mesmo!

     Com efeito, é um alegria muito grande poder estar aqui neste momento, longe da lama da perdição. Longe dos que buscam o banal, dos que buscam a perdição! Oh! É muito triste, filhinhos, o que os espera.

Os caminhos de satanás, que aparentemente são bonitos, são fáceis, se encontram no precipício, nas profundezas dos precipícios, na escuridão.

     Miséria! Miséria para toda a eternidade é o prêmio dos que buscam a opulência, nas orgias da carne. A opulência nas alegrias infernais. Os caminhos parecem bonitos! Os pecados parecem aperitivos, mesas fartas, opulência. No fim, filhinhos, tudo isso será traduzido em dor. Quanta aflição, quanta tristeza. Pode um coração de mãe suportar tudo isto? Pode um coração de Pai suportar? Mas muitos perguntam, porque Deus não os perdoa, não os abraça. Filhinhos, filhinhos, como Deus gostaria de fazer tudo isto! Ocorre, filhinhos amados, que eles não querem! Distanciam-se, mais e mais, levados por amigos perniciosos e pelas hediondas armadilhas de satanás. E seguem sem buscar motivos, sem indagações, para o caos. Para o caminho sem volta. Não há volta para quem está no inferno.

      Filhinhos, amados, deveis rezar incansavelmente, para que se convertam aqueles que não querem se converter. Deus é mais forte, mas respeita a cada um, e a todos dá então a liberdade de escolha. E eles não escolhem, filhinhos, não escolhem o abraço aconchegante do Pai. Preferem o abraço demoníaco, que depois os fará quebrados e marginalizados.

     Filhinhos, filhinhos, Deus seja louvado por vós, por vosso amor, por vossa força, por vossa luta. Deus vos ama muito. Contudo há no mundo mais pecadores do que santos. Há muita maldade, filhinhos, muita maldade. O mundo é mau e este não foi o criado por Deus. Acautelai-vos, filhinhos, e rezai, rezai muito! Peço-vos, hoje, rezar muito pelos padecentes. Sabeis que o mundo está no caos, e que o novo está por surgir, e já se esboça no horizonte. As almas padecentes, como em desespero, pedem para que não vos esqueçais delas. Choram filhinhos, pedindo orações. Não esqueçais delas, filhinhos amados. São filhinhas de Deus e irmãzinhas vossas e estão desesperadas porque já se reza pouco por elas. Quase não há voz para a libertação delas. Há então o desespero. Eu já disse a elas, não se desesperam. Há gente rezando por vocês. Então, filhinhos rezem por elas, consolai-as com vosso amor, com vossas orações. Mas rezai com amor. Amai-as! Amais as almas! Elas vos ajudarão em vossa caminhada. São fiéis e jamais se esquecerão de vós.

     Filhinhos amados, formai grupos, formai correntes fortes ao redor delas, para que todas as graças as alcancem, e consequentemente se voltem para vós. Formai correntes fortes, de muitas orações, para que o inimigo não as rompa. Deus é mais forte.

     Filhinhos, eu estou sempre colhendo vossas orações, vosso pedidos, e muitas graças estão preparadas para serem derramadas sobre vós.   Os que esperam, não desanimem. As graças virão em abundância. Confiem no Pai poderoso, que tudo vê e tem o poder de tudo mudar. Às vezes a demora, a espera, salva milhares de almas, pois Deus assim solicita: Almas vitimas, abnegadas, que dão um pouco ou tudo de si, para a salvação dos padecentes. E depois Deus premia com abundância, e então nada mais faltará. Amai os padecentes, filhinhos, divulgai esta devoção. O Céu ficará mais forte e o mundo melhorará.

     Filhinhos, o purgatório acabará com a vinda do Novo reino. Então quem sabe muitos ficarão lá. Quem sabe não serão conhecidos vossos! Amigos, parentes? Mas quem sabe ainda não sereis alguns de vós? Rezai, rezai muito, filhinhos. Eu agradeço a todos os que vieram de longe e digo novamente. As pessoas que rezam, não precisam ter medo, pois haverá paz, haverá felicidade, haverá o amor. Amém!

Eu vos abençoo, filhinhos, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

 Maria, Mãe do Universo!

Porto Belo (SC), 21 de fevereiro de 2.004.

 

 

 

 


Artigo Visto: 2657

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.salvaialmas.com.br